Quarta-feira , Setembro 20 2017
ÚLTIMAS
Home / MODALIDADES / 250 MIL NA QUALIFICAÇÃO DO PORTO
250 MIL NA QUALIFICAÇÃO DO PORTO

250 MIL NA QUALIFICAÇÃO DO PORTO

Número de espectadores é recorde absoluto da época

Os portugueses mostraram hoje uma vez mais a sua intensa paixão pela Red Bull Air Race World Championship, com um recorde absoluto de público na Qualificação. 250 mil espectadores encheram as margens do Douro, entre o Porto e Gaia. O canadiano Pete McLeod, à semelhança do que tem acontecido nas corridas anteriores, dominou neste primeiro dia, partindo assim como favorito para amanhã.

Dez anos depois da estreia, o regresso da Red Bull Air Race World Championship voltou a garantir uma impressionante mobilização de público. Mais de 250 mil espectadores mostraram este sábado, 2 de setembro, toda a sua paixão por esta competição durante a Qualificação disputada sobre as águas do Douro. Este é um recorde absoluto de toda a temporada de 2017 e também o pronúncio de um dia de corrida com casa cheia.

A ação começou de manhã com a terceira sessão de Treinos Livres da Challenger Class, a categoria de promoção onde militam os novos talentos da aviação desportiva. Seguiu-se idêntica sessão para os consagrados da Master Class e, durante a tarde, a tão esperada Qualificação.

Pete McLeod deixou um sério sinal a Kirby Chambliss e aos restantes adversários, de que vai fazer tudo para sair do Porto na primeira posição do campeonato, atualmente ocupada pelo americano. McLeod fez o tempo mais rápido na qualificação deste sábado, com o tempo 1:07.192, deixando Chambliss a 0.750 segundos. O escocês tem menos dois pontos no ranking, mas o americano tem uma motivação extra: procura a sua terceira vitória consecutiva em corridas nesta temporada.

Cinco pilotos ficaram a menos de um segundo de McLeod, incluindo Yoshihide Muroya. O japonês acabou por estar em destaque, pois só hoje teve a oportunidade de testar o percurso sobre o rio Douro. Uma fissura no avião fez com que ontem não fosse possível voar. Depois do sétimo tempo nos treinos livres da manhã, Muroya fez ainda melhor na qualificação: foi terceiro, a 0.780 de McLeod. Martin Sonka bateu o recorde da pista nos treinos livres (1:06.223), mas a qualificação não lhe correu bem: 1:08.602 correspondeu ao sétimo tempo. Juan Velarde e Cristian Bolton não participaram na qualificação. O espanhol teve um problema na hélice durante a aterragem após a sessão de treinos, enquanto o chileno teve um problema no rádio. Se as questões forem ultrapassadas, podem participar na corrida de amanhã.

O alemão Florian Berger – o defensor do título – dominou sem surpresas a Qualificação de hoje: “Venci, mas ficámos muito próximos dos outros por isso tudo pode acontecer amanhã”.

Amanhã a ação começa pelas 13h00 com a cerimónia de abertura, culminando às 15h30 com a grande final (Final 4) da Master Class – donde sairá o campeão desta sexta etapa da Red Bull Air Race World Championship. O público vai poder acompanhar toda a ação nas margens do Porto e de Gaia, em vastas áreas de acesso livre onde estão montados ecrãs gigantes que ajudam a visualizar os melhores momentos com o apoio de comentadores especializados. Quem não tiver a oportunidade de estar presente pode acompanhar o evento através da transmissão no site www.redbullairrace.com e também na antena da SIC.

 

Créditos: Joerg Mitter/Red Bull Content Pool

 

Scroll To Top