Segunda-feira , Maio 21 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / 2ª subida de treinos oficiais – Simone Faggioli (Norma M20FC) imparável
2ª subida de treinos oficiais – Simone Faggioli (Norma M20FC) imparável

2ª subida de treinos oficiais – Simone Faggioli (Norma M20FC) imparável

 

O italiano Simone Faggioli (Norma M20FC) está a revelar-se intratável na edição 2015 da Rampa da Falperra, prova pontuável para o Campeonato da Europa de Montanha, ao averbar o melhor tempo nas três subidas de treino, todas elas em menos de dois minutos, barreira que foi o único a passar de forma sustentada.

Para já o italiano tem vindo em crescendo, baixando de forma sistemática os seus tempos (1.55,837; 1.54,690; 1.53,852), com um ganho da ordem dos dois segundos ao longo dos 5200 metros de extensão da prova.

Para além dos tempos, importa referir que os seus opositores a mínima distância que conseguiram foi superior a três segundos, o que o deixa bem lançado para a conquista da vitória.

O seu compatriota Fausto Bormolini (Reynard K02) e Milos Benes (Osella FA 30) foram os outros dois pilotos que baixaram a barreira dos dois minutos (ambos por uma vez e na segunda subida de treinos), com o primeiro a ser sempre o segundo mais rápido, e o segundo a não alinhar na derradeira subida, por problemas mecânicos.

Entre os envolvidos no Campeonato Nacional, melhor tempo, pela primeira vez para João Fonseca (Norma M20FC) que bateu Rui Ramalho (Juno SSE), que esteve pela primeira vez em acção, por menos de um segundo, com Patrick Cunha (Lamborghini), mais rápido da Categoria 2, a fechar o lote dos 10 mais rápidos absolutos.

Tiago Reis (Ford Fiesta) tem, tal como Simone Faggioli, em termos absolutos, dominado a Categoria 3, com José Pedro Gomes (Ford Escort MK II) a fazer o mesmo na Categoria 4.

Na primeira subida de prova pontuável para o Desafio Único, João Baptista (Alfa Romeo 156), que tinha visto Luís Delgado (Alfa Romeo 156) averbar os melhores tempos, nas duas subidas de treinos, assegurou o melhor tempo (2.42,773) e bateu Luís Delgado (Alfa Romeo 156) por 0,716 s., o que os coloca como principais candidatos à vitória, uma vez que o terceiro, Joaquim Soares (Alfa Romeo 156) foi quase cinco segundos mais lentos que os seus antecessores.

Melhores tempos absolutos:

1.º, Simone Faggioli (Norma M20FC), 1.53,852; 2.º, Fausto Bormolini (Reynard K02), 2.00,440; 3.º, Sebastien Petit (Lola B06/51), 2.00,950; 4.º, Andrés Vilariño (Norma M20), 2.02,087; 5.º, Jose Lopez-Fombona (Audi Quattro DTM), 2.07,758; 6.º, Andrea Bormolini (Osella PA 215), 2.11,884; 7.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.14,646; 8.º, Renzo Napone (Reynard K02), 2.15,263; 9.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.15,550; 10.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,934

Campeonato Nacional

1.º, João Fonseca (Norma M20FC), 2.14,646; 2.º, Rui Ramalho (Juno SSE), 2.15,550; 3.º, Patrick Cunha (Lamborghini), 2.15,934 (1.º da Categoria 2); 3.º Tiago Reis (Ford Fiesta) 2.18,683 (1.º, da Categoria 3); 4.º, Paulo Ramalho (Juno CN09), 2.19,464; 5.º, António Barros (BRC CM02), 2.22,027; 6.º, José Silvino Pires (Porsche 996 RSR), 2.23,195; 7.º, Bernado Sá Nogueira (Silver Car S2), 2.23,769; 8.º, Manuel Pereira (Mitsubishi Lancer VI), 2.25,374; 9.º, Edgar Reis (Porsche 997 GT3 Cup), 2.27,823; 10.º, Luís Barros (Mercedes 190E), 2.28,070

 

Scroll To Top