Domingo , Novembro 19 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / 5 equipas no arranque do Challenge DS3 R1
5 equipas no arranque do Challenge DS3 R1

5 equipas no arranque do Challenge DS3 R1

Cinco para Castelo Branco

O Challenge DS3 R1 vai iniciar a segunda temporada no Rali de Castelo Branco com três estreantes e dois repetentes, sendo que todos eles querem dar nas vistas e pontuar nesta primeira prova.

 

Depois de meses de intenso trabalho e de preparação da segunda temporada do Challenge DS3 R1, apenas cinco pilotos vão estar à partida da primeira prova desta competição que entra agora no seu segundo ano de vida. O Rali de castelo Branco, que estará na estrada dias 23 e 24 de abril apadrinhará a estreia desta competição em 2016.

Não é de facto o número que queríamos. Chegamos a ter 9 a 10 pilotos com os seus projetos muito adiantados, mas na realidade apenas cinco irão iniciar a temporada em Castelo Branco”, refere Vitor Calisto, responsável da Inside Motor Eventos, entidade que organiza o Challenge, dizendo que “existe a perspetiva de termos mais pilotos nas próximas provas, mas de momento são apenas cinco, com a vantagem de ter existido renovação no plantel, embora mantendo um cunho de escola dos ralis, já que são todos muito jovens”.

Diogo Soares / Luís Rodrigues, Hugo Lopes / Pedro Vaz, Gonçalo Inácio / Nuno Rodrigues da Silva, Pedro Antunes / Alexandre Rodrigues e Ricardo Sousa / Carlos Silva são as cinco duplas que marcarão presença no arranque do Challenge DS3 R1 no Ralis de Castelo Branco.

DIOGO SOARES (estreante):

“Os objectivos para este ano são, principalmente, fazer o maior número de quilómetros possível. Tanto eu como o meu co-piloto (Luís Rodrigues) somos estreantes no que toca aos ralis e embora tenhamos vindo a fazer o nosso “trabalho de casa”, sabemos que será muito difícil andarmos a lutar pelos lugares da frente. Sendo que o principal objectivo, é chegar ao fim dos ralis e acumular experiência.

Para Castelo Branco, vamos com o intuito de conhecer melhor o carro e também trabalharmos e evoluirmos tudo o que se passa dentro do mesmo. Tal como disse, vamos entrar de pé atrás neste arranque de época. Sabemos que a concorrência é forte e não queremos entrar em exageros. Ao longo do rali veremos quem são os nossos adversários mais próximos, e a partir daí delineamos a nossa estratégia”.

 

PEDRO ANTUNES (repetente):

“Os nossos objetivos para o Challege DS3 R1 passam por tentar disputar a vitória do mesmo.

Quanto ao Rali de Castelo Branco, o nossos objetivos passam por acabar nos lugares do pódio para começar a acumular pontos já neste início de temporada”.

 

GONÇALO INÁCIO (estreante):

Os objetivos passam por adaptar-me o mais rapidamente possível a esta nova realidade que são os ralis e chegar à última prova do campeonato a discutir o título de campeão, tendo a plena consciência que será uma tarefa complicada, não só pela mudança dos circuitos para os ralis, mas também pelo facto de existirem pilotos experientes e com provas dadas nos ralis, sendo alguns deles repetentes neste mesmo Challenge.

Quanto ao Rali de Castelo Branco o objectivo principal é terminar o rali e acumular o máximo de pontos possíveis para o campeonato”.

 

HUGO LOPES (estreante)

“Os objetivos para a época passam por dar o meu melhor em cada prova, tentando aprender e evoluir o máximo possivel. Para isso conto com a equipa Amsport que sem duvida tornará tudo mais fácil e me ajudará a alcançar os objetivos.

 

Para Castelo Branco os objetivos são conseguir aprender um pouco mais sobre o DS3 e sobre os ralis e saber onde me posso colocar em relação a outros pilotos com mais experiência e, claro, tentar amealhar o máximo de pontos possível”.

 

RICARDO SOUSA (repetente)
“O nosso objectivo para esta época passa por dar continuidade à aprendizagem e à evolução que começámos em 2015 e se os resultados forem positivos esperamos obter uma boa classificação no challenge.

Quanto a Castelo Branco, vamos entrar com cautela para tentar terminar o rali, e se for possível lutar por uma posição de destaque”.

 

 

 

PRÉMIO ALICIANTE: CONDUZIR UM DS3 R5

Como já foi anunciado, o vencedor final do Challenge DS3 R1 irá ter este ano um prémio muito aliciante.

Dessa forma o piloto que tiver a maior pontuação irá ter a possibilidade de realizar um teste em asfalto a um DS3 R5 da equipa Sport&You.

 

CALENDÁRIO PROVISÓRIO 2016 CHALLENGE DS3 R1

1 23/24 Abril Rali de Castelo Branco E Castelo Branco
2 11/12 Junho Rali de Monchique C A do Sul
3 24/25 Junho Rali Vidreiro C A M G
4 23/24 Julho Rali Aguiar da Beira C A M G
5 02/03 Setembro Rali Viana do Castelo C A Santo Tirso
6 12/13 Novembro Rali do Algarve C A do Algarve

 

Scroll To Top