Quarta-feira , Setembro 20 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / 5º LUGAR FINAL PARA CRAIG BREEN NA VOLTA À CÓRSEGA
5º LUGAR FINAL PARA CRAIG BREEN NA VOLTA À CÓRSEGA

5º LUGAR FINAL PARA CRAIG BREEN NA VOLTA À CÓRSEGA

A Volta à Córsega voltou a ter muito dramatismo neste terceiro e último dia. Craig Breen e Scott Martin tentaram alcançar o 4º lugar, mas viriam a terminar em 5º, ficando a apenas um décimo de segundo após a última especial do rali.
De volta à ação, Stéphane Lefebvre e Gabin Moreau certificaram-se de que a Citroën Total WRT de Abu Dhabi marcaria pontos com dois WRC C3.

 

  • Após Ajaccio e Bastia, a Volta à Córsega rumou a Porto-Vecchio no domingo, para uma etapa final composta por apenas duas especiais: Antisanti/Poggio di Nazza (53,78 km) e a Power Stage de Palombaggia (10,42 km).
  • Quinto classificado no início do dia, Craig Breen esteve perfeitamente em forma na mais longa especial do rali. Mostrando-se o mais rápido nas duas primeiras seções, terminaria com o 3º melhor tempo, ultrapassando Jari-Matti Latvala.
  • Antes da Power Stage era difícil prever o desfecho e as posições finais no top 5. Apesar do avanço de Neuville na liderança do rali, Sordo, Ogier, Breen e Latvala estavam muito juntos logo atrás, separados por menos de 20 segundos.
  • Breen alcançou o 3º melhor tempo na Power Stage de Palombaggia, mas viu-se relegado para o 5º lugar, falhando o 4º por um mero décimo de segundo. O piloto irlandês encontrou algum consolo pelos 3 pontos adicionais para o campeonato, obtidos nessa especial.
  • Regressando em Rally2, Stéphane Lefebvre e Gabin Moreau continuaram a ganhar experiência com o seu Citroën C3 WRC. A equipa chegou ao final do rali, contribuindo com 6 pontos para o pecúlio da Citroën Total Abu Dhabi WRT no Campeonato do Mundo de Construtores.
  • Competindo num DS 3 R5 como prémio por ter conquistado o título do Citroën Racing Trophy de 2016, Yohan Rossel subiu ao pódio do WRC2 na sua prova caseira. Com um 10º lugar à geral, o jovem francês somou o seu primeiro ponto de sempre para o Mundial de Pilotos. Também ao volante de um DS 3 R5 com o apoio da Citroën Racing, Simone Tempestini – o actual Campeão FIA Junior – termninou em 4º da categoria WRC2.
  • O Campeonato do Mundo de Ralis irá agora atravessar o Atlântico para a próxima prova, a disputar na Argentina de 27 a 30 de abril.

 

O QUE ELES DISSERAM…

Yves Matton, Diretor da Citroën Racing: “Deixamos a Córsega com um estado de espírito positivo porque o Citroën C3 WRC foi o carro mais rápido do fim de semana. Obviamente que a corrida não foi a mesma depois do abandono do Kris Meeke. Já Craig Breen lidou com essa pressão adicional e lutou com pilotos que já ganharam ralis a este nível, mantendo a sua posição e teve um rali sem erros. O Stéphane Lefebvre chegou ao final do rali, significando que marcámos mais pontos do que a equipa que está à nossa frente na classificação dos Construtores. Dou também os parabéns ao Yohan Rossel pelo seu pódio no WRC2.”

Craig Breen: “Esta manhã as condições eram, mais uma vez ideais, com um tempo bonito e estradas magníficas. Claro que é muito frustrante perder uma posição por apenas um décimo de segundo, mas isso é também a razão por que somos apaixonados pelos ralis. Não me arrependo de nada porque dei o meu melhor na Power Stage e tenho que estar satisfeito com o fim de semana. Não cometemos um único erro e conseguimos acompanhar e lutar com pilotos com muito mais experiência do que nós. É um bom presságio para o futuro.”

Stéphane Lefebvre: “Completámos as duas últimas especiais de hoje procurando aumentar o nosso conhecimento do carro e das classificativas da Córsega. Gostámos mesmo muito e isso ajudou a aumentar a nossa confiança. Não estaremos na Argentina, pelo que mal posso esperar pelo Rali de Portugal, prova em que gostei particularmente de participar no ano passado.”

 

 

VOLTA À CÓRSEGA 2017
CLASSIFICAÇÃO GERAL (provisória)

  1. Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC), 3h22m53,4s
  2. Ogier / Ingrassia (Ford Fiesta WRC), +54,7s
  3. Sordo / Marti (Hyundai i20 WRC), +56,0s
  4. Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC), +1m09,6s
  5. Breen / Martin (Citroën C3 WRC), +1m09,7s
  6. Paddon / Kennard (Hyundai i20 WRC), +2m16,3s
  7. Mikkelsen / Jaeger (Skoda Fabia R5), +8m10,7s
  8. Suninen / Markkula (Ford Fiesta R5), +9m17,0s
  9. Sarrazin / Renucci (Skoda Fabia R5), +9m23,6s
  10. Rossel / Fulcrand (DS 3 R5), +12m57,1s


13. Tempestini / Bernachinni (DS 3 R5), +16m13,6s


50. Lefebvre / Moreau (Citroën C3 WRC), +1h11m57,3s


WRC 2017 / CLASSIFICAÇÕES


PILOTOS

  1. Sébastien Ogier – 88 pontos
  2. Jari-Matti Latvala – 75
  3. Thierry Neuville – 54
  4. Ott Tanak – 48
  5. Dani Sordo – 47
  6. CRAIG BREEN – 33
  7. KRIS MEEKE – 27
  8. Hayden Paddon – 25
  9. Elfyn Evans – 20
  10. Andreas Mikkelsen – 12
  11. STEPHANE LEFEBVRE – 10

 


 

CONSTRUTORES

  1. M-Sport WRT – 129 pontos
  2. Hyundai Motorsport – 105
  3. Toyota Gazoo Racing WRT – 82
  4. CITROËN TOTAL ABU DHABI WRT – 73

 

 

Scroll To Top