Quinta-feira , Abril 26 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE /

Chuva marca arranque da Rampa da Covilhã – Serra da Estrela

Depois das duas subidas de treinos, decorreu no final da tarde a primeira subida de prova da Rampa da Covilhã – Serra da Estrela. A chuva continuou a marcar presença, assim como o domínio de Pedro Salvador, que ao volante do seu Norma M20FC registou a melhor marca na Categoria 1 e em termos absolutos, com 3:06s273.

Rui Ramalho em Osella PA21S Evo. foi o segundo mais rápido na Categoria 1, com a terceira melhor marca a pertencer a Paulo Ramalho em Juno CN09.

Autor de uma excelente subida, Manuel Correia foi o melhor na Categoria 3, registando a segunda melhor marca em termos absolutos, com o Ford Fiesta R5 de tração total a sentir-se que nem “peixe na água” nas difíceis condições do traçado covilhanense.  Luis Silva em BMW M3 foi o segundo melhor na Categoria 3, na frente de José Pedro Gomes em Ford Escort WRC.

Hélder Silva voltou a brilhar, com o BMW 323i a dominar a Categoria 6 e a surpreender em termos absolutos com a obtenção do quarto melhor tempo(!). Carlos F. Santos em VW 1303S e Ricardo Loureiro em Ford Escort MKII completam para já o pódio nesta última categoria.

Ricardo Gomes foi o melhor na Categoria 4, colocando o seu SEAT Leon Supercopa na frente de Luis Nunes em SEAT Leon Cup Racer e João Vilas Boas em Renault Clio.

Pedro Coelho Saraiva surpreendeu na Categoria 2, conseguindo a melhor marca com o seu Mitsubishi Lancer Evo. IX. Em carro idêntico, Nelson Trindade foi o segundo mais rápido, seguido por Herlander Trindade em Subaru Impreza, numa categoria dominada pelos carros de tracção total.

Na Categoria 5 o melhor foi Flávio Saínhas em Ford Escort MKI, com Pedro Gaspar em BMW 325i e Carlos Oliveira em Porsche 911 nas posições seguintes.

Solitário na Taça Nacional de Clássicos 1300, Cândido Monteiro continua a levar o Datsun 1200 a bom porto.

 

 

Surpresas na última subida de treinos na Covilhã

Com o traçado da Rampa a continuar muito molhado devido à chuva que cai a espaços no bonito cenário natural da Serra da Estrela, foi novamente Pedro Salvador a registar a melhor marca na segunda subida de treinos. Desta feita o piloto flaviense registou a marca de 3:00s870. Atrás do piloto Norma que continua a ser o melhor na Categoria 1, ficou um surpreendente Luis Nunes em SEAT Leon Cup Racer.

Nunes liderou a Categoria 4, enquanto mais atrás Manuel Correia (Ford Fiesta R5) e José Correia (Nissan GT-R GT3 Nismo), voltavam a ser os melhores nas Categorias 3 e 2, respectivamente. Hélder Silva (BMW 323i) foi mais uma vez o melhor na Categoria 6. Flávio Saínhas em Ford Escort MKI, comandou nesta subida a Categoria 5. Cândido Monteiro em Datsun 1200 continua a sua caminhada solitária na Taça Nacional de Clássicos 1300.

Rampa da Covilhã – Serra da Estrela começa com chuva

Com a chuva a marcar presença neste dia de Sábado, Pedro Salvador foi o piloto mais rápido na primeira subida de treinos da Rampa da Covilhã- Serra da Estrela, prova a contar para o Campeonato Nacional de Montanha Valvoline 2016. O homem do Norma M20FC obteve a marca de 3:05s322, liderando com algum à vontade a Categoria 1, na frente de Rui Ramalho em Osella PA21S Evo.

Manuel Correia conseguiu ser o mais lesto na Categoria 3, impondo as quatro rodas motrizes do seu Ford Fiesta R5, a exemplo do que conseguiu José Correia na Categoria 2, com o imponente Nissan GT-R GT3 Nismo. Com um SEAT Leon Supercopa, Ricardo Gomes foi melhor na Categoria 4. Hélder Silva (BMW 323i) esteve imperial na Categoria 6, registando mesmo a oitava marca em termos absolutos.

Pedro Gaspar levou o seu BMW 325 i ao topo da Categoria 5. Na Taça Nacional de Clássicos 1300, o único a subir foi Cândido Monteiro em Datsun 1200. Azar para Fernando Salgueiro, que não chegou a subir devido a problemas com o motor do seu Ford Escort MKII.

Todas as informações relativas aos treinos e subidas estão ainda disponíveis no site oficial da montanha em www.campeonatomontanha.com ou na página oficial do campeonato no Facebook em https://www.facebook.com/CampeonatoMontanha.

 
Fotos: Foto GTi e Pedro Ferreira

 

Scroll To Top