Segunda-feira , Junho 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Citroen sob alerta “vermelho”?
Citroen sob alerta “vermelho”?

Citroen sob alerta “vermelho”?

 

Depois de um “fraco” resultado conjunto no Rallye de Monte-Carlo, as performances do Citroen C3 WRC voltaram a ser decepcionantes para a equipa francesa no Rali da Suécia. Depois de várias sessões de testes durante o ano passado e nas vésperas da prova monegasca – totalizando mais de 9500 kms divididos por cerca de 42 dias de testes e onde o “Know how” tecnológico adquirido no WTCC aparentemente lhe trariam alguma vantagem inicial, aparentemente ainda há muito por fazer com o novo carro da marca. Quem o afirma são os próprios pilotos da equipa francesa Kris Meeke e Craig Breen, que no decorrer do primeiro dia da prova sueca consideram-no “imprevisível”.

Com apenas 26 pontos conquistados no Mundial de Construtores, e à imagem do ocorrido no Monte-Carlo, Kris Meeke – o seu “piloto n.º1” voltou a ter uma saída de estrada na Suécia à passagem da 15.ª especial quando era o quinto da geral, alegando: “Foi muito estranho. Fiquei realmente em apuros logo na primeira curva onde tive realmente problemas para manter a parte traseira do carro na trajectória ideal. Eu estava ciente deste problema e estava tentando não fazer nada estúpido. Depois numa curva ligeira curva à direita sobre um topo perdi a traseira do C3 e fiquei completamente perpendicular a estrada e não consegui “apontar” o carro para a curva seguinte”, admitindo no final da prova que: “a equipa ainda tem muito trabalho por fazer!”.

Mesmo sem erros de maior comparativamente ao seu colega de equipa e na sua estreia com o C3 WRC em competição, Craig Breen
expressou igualmente tais dificuldades: “É difícil se sentir bem a parte traseira do carro. Eu não consigo guardar a trajectória e às vezes isso me apanha de surpresa, com a parte traseira a “querer passar pra frente”. Parece-me que isso acontece especialmente nas segundas passagens, e estou confuso. É verdade nós temos algum trabalho a fazer, mas tenho absoluta confiança no staff da equipa. Este carro realmente tem potencial e acho que podemos fazer algo algo especial com ele. ”

Leia mais em: http://www.rallye-sport.fr/citroen-cest-grave-docteur/

Carlos da Silva

 

Scroll To Top