Sábado , Setembro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Alexandre Franco no pódio em Lorca
Alexandre Franco no pódio em Lorca

Alexandre Franco no pódio em Lorca

Alexandre e Rui Franco levaram a Nissan Navara T2 da Scuderia Goldentrans/DURA ao sétimo posto da geral e segundo da Categoria T2 no Rallye TT Terras Altas de Lorca, prova de abertura da Taça Ibérica de Todo o Terreno.

 

A dupla alenquerense que este ano defende o título ibérico de Todo o Terreno marcou presença na prova de Lorca ainda com a Nissan Navara da Categoria T2, acabando por realizar uma prova em evidente crescendo, vindo a terminar a mesma com um resultado positivo neste arranque de temporada.

 

Com cerca de meia centena de inscritos, o Rallye TT Terras Altas de Lorca arrancou com dupla passagem por uma super especial de cinco quilómetros disputada na zona histórica da cidade, com Alexandre e Rui Franco a serem então os terceiros mais rápidos na Categoria T2 e bem perto dos dez primeiros.

 

Ainda no sábado, disputou-se a primeira passagem por um sector selectivo com cerca de duzentos e trinta e oito quilómetros, com a dupla da Scuderia Goldentrans/DURA a disputar a liderança da Categoria T2 com o Campeão Espanhol, vindo a fechar o primeiro dia de competição a cerca de um minuto da liderança na Categoria T2.

 

No domingo disputou-se a segunda passagem pelo sector de 238 kms, com a dupla da Nissan Navara preparada e assistida pela Prolama a discutir a vitória no T2 até ao final da prova, alcançando ainda um excelente oitavo posto final, marcando importantes pontos para a Taça Ibérica de Todo o Terreno.

 

No final da prova, a dupla que conta com os apoios Goldentrans, DURA Automotive Systems e Eni dizia que “foi sem dúvida uma grande corrida, tínhamos como objectivo ganhar ritmo de corrida após a longa paragem que tivemos e ritmo foi coisa que não faltou este fim de semana! O campeonato de T2 aqui é sem dúvida bastante competitivo e ontem (sábado) andámos os três primeiros sempre dentro do mesmo minuto, até que no final do sector de o Gilbert teve um furo e a guerra passou a ser entre nós e o Camara. Foi muito bom! A Nissan esteve no seu melhor e nós também nos sentimos muito bem. Levamos daqui um bom resultado em termos de Taça Ibérica e uma boa entrada em 2015”.

 

 

 

Scroll To Top