Sexta-feira , Agosto 18 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Alexandre Franco quinto em Idanha
Alexandre Franco quinto em Idanha

Alexandre Franco quinto em Idanha

 

 

Alexandre e Rui Franco conquistaram um excelente quinto posto na Baja TT Idanha-a-Nova, quinta e penúltima prova do Campeonato Nacional de Todo o Terreno, ascendendo assim ao quarto lugar da competição quando apenas falta disputar a mítica Baja de Portalegre.

 

A dupla da Scuderia Goldentrans/DURA partia apostada em repetir a boa prestação realizada na ronda anterior na Sertã…e se bem o pensou, melhor o executou, pois bem cedo se imiscuiu na luta pelos primeiros postos. Realizando duas boas passagens na Super Especial de abertura da prova beirã, a dupla alenquerense partia para o segundo dia de competição no quinto posto. Os quilómetros iniciais da corrida foram verdadeiramente loucos, com cinco duplas a passarem pelo comando da corrida, chegando Alexandre e Rui Franco a rodar no terceiro posto da geral a escassos segundos da liderança. Cerca do quilómetro setenta, a dupla do BMW Série 1 Proto ocupava o quarto posto a apenas uma vintena de segundos do primeiro posto, mas cerca de trinta quilómetros depois, a prova da dupla sofreria um revés significativo.

 

O BMW Proto ‘calou-se’ num gancho e apenas voltaria a pegar após a preciosa ajuda de uma dupla que na altura estava em competição directa com Alexandre e Rui Franco. Apesar da dupla ter continuado, os cerca de sete minutos perdidos viriam a revelar-se decisivos para o resultado final.

 

No segundo sector e com a posição claramente definida, Alexandre e Rui Franco optaram por se centrarem apenas em levar o BMW Série 1 Proto ao quinto posto final, que na realidade lhes vale um terceiro posto entre os pilotos inscritos no Campeonato Nacional de Todo o Terreno.

 

No final da prova, Alexandre Franco confirmava que “esta é a Baja que mais gosto e aproveito para felicitar a organização pelo trabalho realizado, desde marcação ao road book, como sempre tudo bem”.

 

“Quanto a nós, começámos bem fortes logo no prólogo, o que nos garantia uma boa posição para o arranque do primeiro sector selectivo, onde era esperado bastante pó, situação que nos poderia ser prejudicial se não assegurássemos uma boa ordem de partida. No sábado entrámos bem e sem problemas, de forma que andámos a discutir a liderança da corrida até cerca do quilómetro noventa, altura em que o motor do nosso carro se calou e nos fez perder bastante tempo. Valeu-nos na altura a preciosa ajuda do Pedro Ferreira e do Valter Cardoso que nos puxaram e permitiram que o motor do BMW voltasse a trabalhar…mas nessa altura a nossa corrida ficava comprometida em termos de quatro primeiros, porque para além do tempo perdido, não podíamos correr o risco do carro se voltar a desligar. Apesar de tudo, conseguimos o quinto lugar, embora longe do que poderíamos ter conseguido em função da forma como a prova nos estava a correr inicialmente. Esta posição permite-nos subir ao quarto posto no Campeonato Nacional, pelo que ficamos a pensar no que poderíamos alcançar este ano caso não tivéssemos tido uma primeira metade de temporada com três abandonos. Apesar desses azares iniciais, estamos agora a comprovar o nosso andamento e estar a lutar pelos lugares cimeiros é algo que nos motiva ainda mais para continuar a evoluir. Que venha agora Portalegre!”

 

 

A próxima prova será a Baja de Portalegre, derradeira prova do Campeonato Nacional de Todo o Terreno e que terá lugar nos dias 27, 28 e 29 de Outubro.

 

Scroll To Top