Quarta-feira , Novembro 14 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Alexandre Franco terceiro na Baja TT do Pinhal
Alexandre Franco terceiro na Baja TT do Pinhal

Alexandre Franco terceiro na Baja TT do Pinhal

 

 

Depois de um inicio de época verdadeiramente para esquecer, Alexandre e Rui Franco viraram definitivamente a página na Baja TT do Pinhal, levando o BMW Série 1 Proto ao terceiro posto na prova organizada pela Escuderia Castelo Branco.

 

Apesar de um inicio de época verdadeiramente atípico para a Scuderia Goldentrans/DURA, a dupla de Alenquer chegava à Sertã com confiança de que obteria um bom resultado na Baja TT do Pinhal, o que acabou por acontecer.

 

Após duas passagens no prólogo de abertura da prova que lhes valeu o sexto posto, cedo a dupla alenquerense começou a mostrar ao que vinha, ascendendo ao terceiro posto logo nos primeiros quilómetros do primeiro sector. O BMW Série 1 Proto mostrava-se competitivo e bem afinado para as dificuldades impostas pelo percurso da prova e Alexandre e Rui Franco viriam a terminar o primeiro sector selectivo no quarto posto, mas bem perto dos lugares do pódio.

 

Ultrapassados os primeiro cento e oitenta quilómetros, o BMW Série 1 Proto da Scuderia Goldentrans/DURA assumia-se como um precioso aliado para os manos Franco e nos oitenta quilómetros finais viria a permitir-lhes ascender ao terceiro posto final, com a dupla de Alenquer a conquistar assim o seu primeiro pódio absoluto da temporada e o segundo das suas carreiras em provas do Campeonato Nacional de Todo o Terreno,

 

O piloto apoiado pela Goldentrans e pela DURA Automotive Systems dizia no final que  “este fim-de-semana finalmente quebrámos o enguiço! Foi nesta prova que alcançámos a nossa primeira vitória e com excepção da corrida do ano passado (desistência por quebra da direcção), temos conseguido aqui sempre bons resultados. Este foi um pódio especial, pois colocámos fim numa série de três abandonos consecutivos e este resultado vem motivar mais toda a equipa. Sobre a prova em si, é justo referir que arrancámos muito forte e conseguimos manter esse ritmo todo o primeiro sector sem cometer erros, pelo que muito cedo nos apercebemos que estávamos entre os mais rápidos. No segundo sector voltámos a arrancar forte e percebemos que talvez fosse possível chegar ao segundo lugar se forçássemos um pouco. Foi o que fizemos, mas a cerca de quarenta quilómetros do final enganei-me no percurso e saí para um caminho paralelo ao percurso, o que nos fez perder mais de meio minuto e optámos por segurar o terceiro posto e dessa forma obter um excelente resultado que nos deixa muito motivados para a segunda metade do ano”.

 

O Nacional de Todo o Terreno regressará agora nos dias 9 e 10 de Setembro com a Baja TT Idanha-a-Nova.

 

Scroll To Top