Segunda-feira , Outubro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Álvaro Parente conquista Campeonato Americano

Álvaro Parente conquista Campeonato Americano

 

 

Álvaro Parente sagrou-se este domingo o Campeão do Pirelli World Challenge de 2016, após um dia dramático que não começou da melhor forma, mas terminou com a justa conquista pelo português do ceptro deste ano daquele que é considerado o Campeonato Americano de Carros de GT.

 

Depois de uma qualificação difícil no sábado, que o atirou para o sexto posto da grelha de partida, o piloto oficial da McLaren GT abordava a corrida decisiva com moderado optimismo, uma vez que, muito embora o seu adversário na luta pelo título arrancasse da segunda posição, bastava-lhe terminar imediatamente atrás dele, caso ele não vencesse, para se sagrar Campeão.

 

No entanto, a duas horas de começar a prova que definiria o ceptro deste ano, a organização da competição resolveu retirar sete pontos ao português, que alegadamente, lhe teriam sido erradamente atribuídos numa corrida realizada em Maio.

 

Com esta decisão, o piloto do Porto teria que forçosamente de terminar à frente de Patrick Long, o seu rival, alterando toda a dinâmica da sua estratégia.

 

Qualquer um poderia sentir-se abatido psicologicamente com a decisão demasiado tardia da organização, mas não Álvaro Parente, que chegou à grelha de partida ainda mais determinado em fazer prevalecer o ascendente que demonstrou ao longo de toda a temporada, como provam as cinco vitórias em seu nome.

 

O português arrancou extremamente bem para a prova de cinquenta minutos e na primeira curva estava já a discutir o segundo posto com Patrick Long, pressionando insistentemente o seu rival.

 

O americano foi conseguindo defender-se dos ataques de Álvaro Parente, parecendo estar a caminho do título, mas na última volta, resolveu discutir a liderança, acabando os dois por se desentender.

 

O português não se fez de rogado e ascendeu o segundo lugar, ao passo que Patrick Long caiu para o quinto posto final, o que garantiu ao piloto oficial da McLaren GT o título de 2016 do Pirelli World Challenge.

 

“Foi um dia louco, começando com a controvérsia dos pontos. A pressão era muita este fim-de-semana, mas tentei manter-me calmo. Realizei um bom arranque, o que foi fundamental. Foi um dos meus melhores arranques do ano. Mas depois não tinha ritmo para acompanhar os dois da frente. Tentei uma ou duas vezes ultrapassar o Patrick Long, mas o andamento dele era muito forte. Acabei por aproveitar a situação da última volta, que foi um pouco louca, e ascendi a segundo. Foi louca a forma como o conseguimos no último momento, mas conseguimo-lo”, afirmou entusiasmado Álvaro Parente.

 

O piloto oficial da McLaren GT mostra-se satisfeito com o desfecho da sua temporada de estreia no Pirelli World Challenge, tendo conquistado o ceptro após cinco vitórias num campeonato em que desconhecia todos os circuitos, excepto o traçado de Laguna Seca, onde conquistou este domingo o ceptro de 2016. “Nós merecemos este resultado e deveríamos até tê-lo conquistado mais cedo. Mas é nosso. Fomos competitivos ao longo de todo o ano e estivemos sempre na luta pelas posições do pódio. Não foi fácil garantir o título do Pirelli World Challenge, dado que tem um nível muito elevado, e quero agradecer o apoio da K-PAX Racing, Flying Lizard Motorsport e McLaren GT. Foi um prazer disputar esta competição”, concluiu Álvaro Parente.

 

 

 

Scroll To Top