Sexta-feira , Dezembro 15 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Alvaro Parente e Miguel Ramos brilham na Bélgica
Alvaro Parente e Miguel Ramos brilham na Bélgica

Alvaro Parente e Miguel Ramos brilham na Bélgica

Álvaro Parente, na companhia de Miguel Ramos, mostrou uma vez mais o porquê de ser considerado um dos melhores pilotos de GT’s da actualidade e, em condições muito difíceis, garantiu um segundo lugar arrancado a ferros na primeira corrida da ronda de Spa-Francorchamps do International GT Open.

O duo do McLaren 650S #2 da Teo Martín Motorsport arrancou da terceira posição da grelha de partida, mas caiu para o quinto posto noinício, o que tornava a sua tarefa de manter o comando do Campeonato de Pilotos mais difícil.

No final do seu turno, Miguel Ramos veria uma dificuldade com o turbo do seu carro agravar ainda mais a situação, mas os homens da Teo Martín Motorsport não baixaram os braços e continuaram a lutar.

Quando Álvaro Parente pegou no GT britânico começou a chover e pouco depois, o Safety-Car entrou em pista, devido a um acidente com outro concorrente, o que acabou por precipitar a corrida às boxes para montar pneus de chuva.

Foi então que se iniciou a prestação notável de Álvaro Parente: apesar de dificuldades com turbo o impedirem de engrenar a sexta velocidade e dos pneumáticos conferirem ao carro inglês um comportamento estranho na traseira, o piloto português montou uma incrível recuperação, com uma ultrapassagem extraordinária pelo meio, conseguindo ver a bandeirada de xadrez no segundo lugar encostado ao primeiro classificado.

“Foi uma corrida muito complicada! Tivemos dificuldades com o turbo e não tínhamos velocidade ponta. Por outro lado, os pneus estavam muito estranhos e obrigavam-me a fazer algumas curvas em contra-brecagem, parecia que estava a fazer ralis. Tendo tudo isto em consideração, o segundo lugar foi fabuloso e permite-nos manter a liderança do campeonato, que era o nosso principal objectivo”, afirmou o portuense.

Para a corrida de amanhã Álvaro Parente arrancará do segundo lugar da grelha de partida e mostra-se confiante, mas aponta que é necessário perceber o que aconteceu durante a prova de hoje. ”A Michelin está já a analisar o nosso jogo de pneus para chegar a uma conclusão sobre o que se passou, porque não é normal que o carro fuja tanto. E estamos também a resolver as dificuldades com o turbo. Arrancamos do segundo lugar e, portanto, estamos numa boa posição para conquistar um bom resultado, apesar do nosso handicap ter sido incrementado pelo resultado de hoje. Vamos lutar e trabalhar para mantermos a liderança do campeonato”, garantiu o português.

A corrida de amanhã terá o seu início às 13h00 e poderá ser seguida em direto através da Sport TV e da Motors TV.

 

Scroll To Top