Domingo , Dezembro 17 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / AM BIRD NO COMANDO DO CAMPEONADO DO MUNDO DE FÓRMULA E
AM BIRD NO COMANDO DO CAMPEONADO DO MUNDO DE FÓRMULA E

AM BIRD NO COMANDO DO CAMPEONADO DO MUNDO DE FÓRMULA E

 

  • O piloto DS Virgin Racing Sam Bird venceu o ePrix de Hong Kong, primeira prova da temporada 2017/2018 do Campeonato do Mundo FIA de Fórmula E.
  • O rookie Alex Lynn recuperou oito posições e conquistou os seus primeiros pontos ao cruzar a bandeira de xadrez.

 

Sam Bird ofereceu à DS Virgin Racing a sua primeira vitória da temporada de Fórmula E, após uma prova recheada de reviravoltas pelas ruas de Hong Kong. O piloto britânico, que rubricou a sua sexta vitória na disciplina, conseguiu compensar um erro no decorrer da paragem na sua box, e acabou por se impor com onze segundos de vantagem.

Quanto ao seu colega de equipa Alex Lynn, destaca-se o seu impressionante desempenho neste início da sua primeira temporada completa de Fórmula E. Ao recuperar oito lugares em prova, Lynn alcançou a oitava posição e somou quatro pontos.

Esta prova inaugural da temporada revelou-se bastante peculiar logo desde o início. Com efeito, o circuito de 1,86 km registou um incidente que envolveu diversos carros e que deu origem à primeira bandeira vermelha de toda a história da Fórmula E. Após uma segunda partida, Sam Bird ocupava a segunda posição, pressionando o comandante da prova, Jean-Éric Vergne. Sensivelmente a meio da corrida, o piloto DS Virgin Racing encontrou a abertura que procurava e passou para o comando na sexta volta.

Na volta seguinte, Vergne parou na sua box. Sam Bird manteve-se em pista para reforçar a sua vantagem. Contudo, um erro aquando da mudança de monolugar valeu-lhe uma penalização… Obrigado a passar de novo pela pit lane, o britânico conseguiu voltar à pista na primeira posição à frente de Jean-Éric Vergne, agora envolvido em luta com Nick Heidfeld.

De seguida, Sam Bird controlou totalmente a corrida até ao cair da bandeira de xadrez, assegurando o seu recorde de vitórias em todas as temporadas de Fórmula E disputadas até agora. Esta vitória logo na primeira prova do calendário confere-lhe o primeiro lugar da classificação de pilotos, com Alex Lynn em oitavo.

Sam Bird: “Que corrida! Arrancámos para esta temporada sabendo que contamos com um carro competitivo, mas sabendo também que a concorrência era muito forte. Não estava à espera de vencer logo na primeira corrida. Assim que soube que tinha sido penalizado, ataquei sempre que possível. Pensei que ia voltar à corrida em oitavo ou nono… Imaginem a minha surpresa quando o meu engenheiro me disse ‘P1’! Foi a melhor forma de começar a temporada, e os meus agradecimentos estendem-se a toda a equipa DS Virgin Racing.”

Alex Lyn: “Terminar em oitavo depois de ter arrancado na 16ª posição, não é um mau resultado. No conjunto, estou satisfeito com o desenrolar da corrida. Foi preciso, principalmente, evitar o acidente na partida. Mantive um bom andamento. Sei que se conseguir uma melhor qualificação, posso ficar nos lugares da frente.”

Alex Tai, Diretor da DS Virgin Racing: “Foi um belo início de temporada! Parabéns ao Sam por esta vitória e parabéns ao Alex pela sua primeira corrida nos pontos. Sabíamos que podíamos contar com um monolugar competitivo, tanto em performances como em eficiência de consumos. Hoje, provámos exatamente isso. A equipa realizou um excelente trabalho e esperamos poder continuar neste registo até ao final da temporada.”

Xavier Mestelan, Diretor da DS Performance: “É um enorme prazer começar a temporada com uma vitória tão convincente como esta. Parabéns ao Sam e a toda a equipa presente em Hong Kong, mas também aos que estão em Versailles. É um resultado excepcional num campeonato altamente competitivo.”

Em sequência do incidente nas boxes, Sam Bird recebeu uma segunda penalização: uma despromoção de dez lugares na grelha de partida do dia seguinte.

A DS Virgin Racing rubricou mais uma excelente performance na segunda corrida do calendário 2017/2018 do Campeonato de Fórmula E, classificando os seus dois monolugares nos pontos. Sam Bird posiciona-se na liderança do campeonato de pilotos.

Vencedora no sábado com Sam Bird, a DS Virgin Racing voltou a ter os seus pilotos entre os dez primeiros em Hong Kong. Sam Bird terminou em quinto lugar, enquanto que o estreante Alex Lynn alcançou a nona posição.

A corrida de domingo começou com um problema pouco habitual nas luzes de partida. A segunda corrida da temporada foi de partida lançada, atrás do carro de segurança. Durante a primeira parte da prova, Alex Lynn conseguiu manter a quinta posição, enquanto que Sam Bird alcançou uma posição nos pontos depois de ter arrancado do 13ª lugar da grelha partida.

Conseguindo fazer uma boa gestão da sua energia, Alex Lynn manteve-se em pista mais uma volta do que a maioria dos pilotos, entre os quais Sam Bird. Após a troca de monolugares, os dois  pilotos continuaram ao ataque: Lynn em perseguição de Mitch Evans para o quarto lugar e Bird atrás de Jean-Éric Vergne para a sétima posição. Num traçado reconhecidamente difícil para as ultrapassagens, nenhum deles conseguiu encontrar a tal abertura ideal. Com pouca energia disponível nas suas bateriais, Alex Lynn viu-se obrigado a abrandar o ritmo na última volta e, dessa forma, perdeu alguns lugares.

Nas verificações técnicas, o vencedor, Daniel Abt, foi desclassificado. Assim, todos os pilotos acabaram por ganhar mais um lugar na classificação. Após esta primeira jornada, Sam Bird ocupa o primeiro lugar no campeonato do mundo de pilotos e DS Virgin Racing deixou Hong Kong no segundo lugar na classificação por equipas, a três pontos do líder.

Sam Bird: “Foi um fim-de-semana muito encorajador para a DS Virgin Racing e para mim próprio. Correu tudo muito bem nas duas corridas. Agradeço a todos os que trabalharam a fundo durante este verão. Estou ansioso por alinhar na terceira corrida para voltar a lutar pelos primeiros lugares.”

Alex Lyn: “Saímos de Hong Kong muito satisfeitos. O mérito é de todos os elementos da equipa e do trabalho efetuado. Com o Sam, fomos muito eficazes e felicito-o pela sua vitória. No sábado, consegui recuperar alguns lugares durante a corrida. No domingo, fiquei desiludido por não conseguir estar entre os cinco primeiros, depois de ter arrancado da terceira linha da grelha, mas agora vou concentrar-me a 100% para Marraquexe.”

Alex Tai, Diretor da DS Virgin Racing: “É fantástico estarmos nesta posição logo nestas duas primeiras corridas. Este resultado mostra a determinação e as capacidades dos nosso pilotos, do nosso monolugar e de toda a equipa DS Virgin Racing. Vamos entrar no ano novo numa boa posição.”

Xavier Mestelan, Diretor da DS Performance: “Terminar este fim-de-semana com o Sam no comando da classificação de pilotos é a confirmação da competitividade e da fiabilidade do nosso monolugar de Fórmula E DSV-03. Parabéns à equipa e aos nossos dois pilotos Sam Bird e Alex Lynn por este sucesso. É um bom presságio para o futuro e temos já as nossas atenções viradas para Marraquexe.”

A terceira prova da temporada 2017/2018 do Campenato do Mundo de Fórmula E terá lugar em Marraquexe a 13 de Janeiro de 2018.


 

Campeonato FIA de Fórmula E 2017/2018

ePrix de Hong Kong – Corrida 2

  1. Félix Rosenqvist, Mahindra Racing
  2. Edoardo Mortara, Venturi Formula E
  3. Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing
  4. Jean-Éric Vergne, Techeetah
  5. Sam Bird, DS Virgin Racing

  1. Alex Lynn, DS Virgin Racing

Campeonato de Pilotos (após 2 corridas)

  1. Sam Bird, 35 pontos
  2. Jean Éric-Verne, 33 pontos
  3. Felix Rosenqvist, 29 pontos
  4. Edoardo Mortara, 24 pontos
  5. Nick Heidfeld, 15 pontos

  1. Alex Lynn, 6 pontos

Campeonato de Equipas (após 2 corridas)

  1. Mahindra Racing, 44 pontos
  2. DS Virgin Racing, 41 pontos
  3. Techeetah, 33 pontos
  4. Venturi Formula E, 30 pontos

Panasonic Jaguar Racing, 27 pontos

 

Scroll To Top