Terça-feira , Outubro 16 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / am Racing Team entre os melhores num prólogo de traçado muito difícil e exigente
am Racing Team entre os melhores num  prólogo de traçado muito difícil e exigente

am Racing Team entre os melhores num prólogo de traçado muito difícil e exigente

 

 

Os pilotos do am Racing Team – Alexandre Mota e Aníbal Mendonça, garantiram o 13o lugar no final da dupla passagem pelo no prólogo da Baja TT do Pinhal, confirmando as melhorias efetuadas no seu Nissan Proto, alvo de profundas modificações em termos de suspensão, desde a última prova disputada em terras algarvias.

O Nissan Proto evoluiu sem problemas e com mais rapidez nos cerca de sete quilómetros desenhados pela Escuderia Castelo Branco para este primeiro embate entre os concorrentes ao CNTT, isto apesar de ter sido necessário mudar o disco de embraiagem, imediatamente antes do início da prova, operação realizada com toda a destreza e profissionalismo da equipa técnica comandada por Nuno Marques.

Com toda a confiança a equipa partiu para o prólogo, ainda que decidida a habituar-se ao novo comportamento do carro, mais fácil agora de dominar, mas também com reações completamente diversas, que necessitam agora de quilómetros de pista, para serem completamente apreendidos pelo piloto, como confirma Alexandre Mota: “Há uma grande evolução positiva do comportamento do carro, desde a última corrida e isso deve-se em grande parte a todas as modificações que fizemos entretanto, a nível de suspensões e barras estabilizadoras. Ainda antes do prólogo a equipa técnica esteve inexcedível, pois conseguiu mudar o disco da embraiagem – que começou a patinar após as Verificações Técnicas – a tempo de colocarmos o carro no parque fechado, sem que fosse necessário penalizarmos.

Partimos com bastante confiança para o prólogo, mas também com alguma cautela, pois era necessário compreender as novas reações do carro e apesar de tudo ter corrido bem, confesso que não arriscámos na primeira passagem, mas na segunda, já mais confiantes cometi um pequeno erro de condução e deixei ir o motor abaixo, o que me fez perder alguns segundos. Foi pena pois sem este erro talvez pudéssemos ter ficado nos dez primeiros …

Amanhã tentaremos rodar o mais depressa possível e o mais que conseguirmos, sendo nosso objetivo, chegar ao final da prova, que se antevê bastante dura, quer por causa do seu traçado sinuoso, quer pelo facto de se esperar um dia bastante quente, que vai complicar ainda mais a nossa evolução em pista. Mas queremos rolar – cada vez mais depressa – e tentar uma aproximação consistente aos mais rápidos. É esse o nosso objetivo para esta quarta etapa do CNTT.”

A Baja TT do Pinhal, é uma prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, que amanhã continua com dois sectores seletivos, com 175,70 Km e 94,33 Km, respetivamente, a começar às 9h40, no centro da vila da Sertã.

 

Scroll To Top