Segunda-feira , Dezembro 11 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Antevisão Grand Prix Historique de Pau – Historic Endurance
Antevisão Grand Prix Historique de Pau – Historic Endurance

Antevisão Grand Prix Historique de Pau – Historic Endurance

 

 

  • Um dos eventos do ano para clássicos volta a ser palco para a competição no Historic Endurance
  • Lotação esgotada com 43 automóveis inscritos numa grelha impressionante e apelativa que inclui um Ferrari 308 e um Ford GT40.
  • Também forte presença de modelos com motorizações inferiores a 1300cc, que ocupam 25% da grelha do mítico circuito francês
  • A representar as cores nacionais estarão seis equipas Portuguesas, sempre muito apoiadas pelos emigrantes que vivem na região.

 

 

O mítico e consagrado circuito urbano de Pau, no sopé dos Pirinéus, volta a encher-se de magia. A exigente pista citadina é o palco da terceira corrida do ano do Historic Endurance que volta a encher a grelha com modelos de excepção e tem um paddock onde a paixão pelo desporto automóvel reina.

 

O Historic Endurance volta à inspiradora vila francesa para mais uma ode ao desporto e à história automóvel. A competição voltou a ser alvo de um interesse tão grande que há muito os lugares disponíveis estão esgotados. Mais uma vez, o número de equipas e de automóveis presentes é impressionante com particular destaque para a estreia de um Ford GT no mítico traçado. Em mais de 75 anos de intensa actividade competitiva, a pista citadina recebe outro dos pesos pesados da história da velocidade internacional.

 

A lista de inscritos é impressionante. Os 43 automóveis inscritos são de 18 construtores diferentes. A Porsche é a marca mais representada, com 13 equipas com variados modelos, enquanto outras apenas têm um representante, mas distinguem-se pela diferença, como é o caso da Diva, da Ferrari, que está presente com um 308 GTB, ou da Mini.

 

A representar Portugal, estarão seis equipas que tentarão repetir a vitória de 2015, quando Miguel Ferreira / Pina Cardoso venceram para gáudio dos muitos emigrantes que assistem à prova exibindo a orgulhosa bandeira nacional. Em 2017, as estruturas que irão defender as cores lusas serão a família Albuquerque, em Lotus Elan 26R, que se estreia no circuito; António Torres da Silva, em Porsche 911 SWB, que repete a participação de 2016; Francisco Pinto, em BMW 2002, depois de uma excelente exibição em 2015, José Carvalhosa / Piero del Maso, também em Porsche 911 – S, que também voltam a Pau; Miguel Vaz, que no ano passado fez um pódio na categoria 1300, e Miguel Ferreira que alcançou a fantástica vitória em 2015.

 

Para Diogo Ferrão, da organização, Pau é sempre especial. “Espera-se um entusiasmante fim-de-semana de competição com automóveis clássicos num local tão simbólico. O circuito de Pau não só valoriza qualquer corrida pelo peso da história associada como exige concentração aos pilotos pela tecnicidade da pista. Com os vencedores dos últimos dois anos inscritos, e novamente com muita concorrência, quer local quer de novas equipas de toda a Europa, é impossível definir favoritos. A única certeza que tenho é que estão reunidas as condições para uma corrida emocionante e indefinida até ao fim. Vai ser uma bonita homenagem às inesquecíveis corridas de resistência que ficará na memória do público e das equipas”.

 

O programa competitivo do Iberian Historic Endurance em Pau começa com uma sessão de treinos livres no sábado, entre as 10h20 (Hora de Portugal continental) e as 10h45, e a qualificação, marcada para as 15h55. No domingo realiza-se a corrida em horário nobre. A partida está marcada para as 12h10.

 

 

Scroll To Top