Domingo , Agosto 19 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / António Maio na senda dos êxitos
António Maio na senda dos êxitos

António Maio na senda dos êxitos

 

António Maio continua na senda dos êxitos, mercê do segundo triunfo consecutivo na presente época, desta vez alcançado na Ferraria. Nas restantes categorias, Roberto Borrego ganhou entre os Quad e João Lopes tornou a impor-se nos UTV/Buggy.

O Raid da Ferraria mobilizou 78 pilotos no conjunto das três categorias existentes, que no Sábado começaram por enfrentar um sector selectivo de 20 Km. Hoje, o prato de substância consistiu em três voltas a um troço com cerca de 60 Km, traçado no concelho do Gavião.

Nas motos, António Maio foi o mais rápido ontem, deixando a pouco mais de meio-minuto Gustavo Gaudêncio, seguido de Sebastian Buhler e Mário Patrão, este a 49s e com uma queda ligeira no activo.

Hoje, Maio imprimiu o melhor ritmo e arrebatou a vitória, com 2m17ss sobre Patrão. No 3.º posto ficou o mais rápido da classe TT1, Sebastian Buhler, seguindo-se na “geral” mais dois homens da TT2, Hélder Rodrigues e David Megre, e em 6.º Ruben Faria (TT1) diante do primeiro TT3, Fausto Mota. Nota para o abandono de Gustavo Gaudêncio, devido a problemas mecânicos. O vencedor da classe Promoção foi Pedro Duarte, 16.º da “geral”.

Entre os Quad, Roberto Borrego regressou aos triunfos numa prova que liderou durante todo o tempo, deixando a mais de um minuto Ruben Alexandre. Tiago Gomes não “encaixou” bem com a prova e foi 3.º, mas já a 11m41s – todavia, mantém a liderança no Campeonato. O 4.º classificado foi António Moreira, Alexandre Silva ganhou a “Promoção” e menção ainda para a desistência de Bruno Ferreira.

No âmbito dos UTV/Buggy, João Lopes segue imparável neste início de época. Também ele dominou os acontecimentos na sua categoria desde o primeiro troço, para deixar a meia-dúzia de minutos João Dias e Pedro Mendes, respectivamente 2.º e 3.º classificados, seguidos do Buggy Bruno Martins e de Dorothee Ferreira, enquanto João Araújo foi o melhor da “Promoção”. Já Vítor Santos foi o segundo mais rápido no terreno, mas acabou em 16.º devido a penalização de 47 minutos, correspondente ao tempo regulamentar em excesso que demorou a colocar o seu veículo em parque fechado após o troço de Sábado.

A próxima prova do Campeonato Nacional de Todo-Terreno terá lugar a 1 e 2 de Maio, em Reguengos.

 

MOTOS

QUAD

1.º António Maio Yamaha 2h42m37s 1.º Roberto Borrego Yamaha 2h45m03s
2.º Mário Patrão KTM a  2.17 2.º Ruben Alexandre Yamaha a  1.40
3.º Sebastian Buhler Yamaha a  2.45 3.º Tiago Gomes Suzuki a  11.41
4.º Hélder Rodrigues n.n. a  5.08 4.º António Moreira Yamaha a  14.32
5.º David Megre KTM a  7.08 5.º André Carita Suzuki a  26.20
6.º Ruben Faria KTM a  7.13 6.º Alexandre Silva Yamaha a  35.57
7.º Fausto Mota KTM a  9.00 7.º Paulo Oliveira Yamaha a  54.12
8.º Salvador Vargas KTM a  12.19 8.º ——————— ———- ———–

 

UTV/ BUGGY

1.º João Lopes/ Bruno Santos Polaris 2h55m18s
2.º João Dias/ João Filipe Polaris a  6.14
3.º Pedro Mendes Polaris a  6.41
4.º Bruno Martins Rage a  7.16
5.º Dorothee Ferreira Polaris a  15.12
6.º Roberto Viñaras Polaris a  16.19
7.º João Araújo/ Ricardo Silva Polaris a  17.36
8.º Avelino Luís/ Dinis Carmo Can-Am a  19.38

 

ASSIM VAI O CAMPEONATO ABSOLUTO…

MOTOS

QUADS

UTV/BUGGY

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

António Maio

Fausto Mota

Hélder Rodrigues

Ruben Faria

David Megre

Mário Patrão

Yamaha

KTM

n.n.

KTM

KTM

KTM

40

22

21

21

20

17

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

Tiago Gomes

António Moreira

Roberto Borrego

Ruben Alexandre

Bruno Ferreira

Fábio Ferreira

Suzuki

Yamaha

Yamaha

Yamaha

Yamaha

Suzuki

35

28

20

17

17

13

1.º

2.º

3.º

4.º

5.º

6.º

João Lopes

João Dias

Roberto Viñaras

Pedro Mendes

Dorothee Ferreira

Vítor Santos

Polaris

Polaris

Polaris

Polaris

Polaris

Polaris

40

28

23

21

20

17

 

 

Scroll To Top