Segunda-feira , Agosto 20 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / APA MOTORSPORT PROCURA RECUPERAR TERRENO EM MORTÁGUA
APA MOTORSPORT PROCURA RECUPERAR TERRENO EM MORTÁGUA

APA MOTORSPORT PROCURA RECUPERAR TERRENO EM MORTÁGUA

 

 

Os vianenses Pedro Sá e Leandro Parreira enfrentam já amanhã e sábado mais um desafio, naquela que é a terceira prova da Taça FPAK de Ralis. Disputado nos tradicionais troços de terra da Região Centro, o Rali de Mortágua é encarado pela dupla do Mitsubishi Lancer Evo IX com a máxima motivação sendo uma excelente oportunidade para tentar “recuperar terreno” na tabela classificativa da Taça.

Vindos de um excelente desempenho no Rali dos Açores, e que apenas foi travado por um pequeno deslize já perto do final, Pedro Sá e Leandro Parreira entram na prova do Clube Automóvel do Centro na 4ª posição da competição mas a diferença pontual para os lugares cimeiros não deixa espaço para a desmoralização. O piloto de Viana do Castelo espera “conseguir fazer um rali num bom ritmo, dar continuidade à evolução que temos vindo a mostrar nesta época e terminar com um bom resultado. Sabemos que o tipo de pisos é mais apropriado para o nosso carro mas também temos a consciência que a sua dureza pode ser um factor determinante para o desfecho do rali. Por isso temos que manter uma boa margem de segurança e saber “jogar” com a gestão do material para conseguirmos atingir os nossos objectivos”, resume o piloto.

Por seu lado, o navegador Leandro Parreira aponta igualmente para “um bom resultado em termos de Taça FPAK. Queremos esquecer rapidamente o azar nos Açores e esperamos estar na melhor forma em Mortágua, sobretudo mantendo o mesmo ritmo da prova anterior e tentando amealhar o máximo de pontos.”

Antes mesmo de partir para Mortágua, a dupla marcou ontem presença na “Apresentação de Pilotos de Viana do Castelo”, um evento organizado pelo Viana Motor Clube e que reuniu num pequeno traçado citadino algumas das equipas que regularmente participam em competições automóveis. Com uma interessante moldura humana a assistir, Pedro Sá foi um dos mais aplaudidos da tarde não poupando esforços no espectáculo dado ao volante da maquina nipónica e proporcionando algumas experiências “co-drive” a diversos aficionados da modalidade.

 

Scroll To Top