Quinta-feira , Setembro 20 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / “Armada” das duas rodas encerra super-especial do Rali de Águeda
“Armada” das duas rodas encerra  super-especial do Rali de Águeda

“Armada” das duas rodas encerra super-especial do Rali de Águeda

 

 

Hugo Silva, João Teodoro, Bruno Cruz e Pedro Nabais, provenientes directamente do Campeonato Nacional de Supermoto e Troféu Minimoto, prometem aquecer os ânimos no primeiro dia do Rali de Águeda, a ter lugar em pleno coração da Baixa da cidade aguedense.

 

O Rali de Águeda, competição pontuável para o Campeonato Regional de Ralis do Centro – Jorge Amorim e Regularidade Sport, terá amanhã à noite, após a super-especial nocturna a desenvolver no coração da Baixa da cidade, um momento de alta voltagem, com a participação de quatro motards.

Trata-se da exibição de Hugo Silva, João Teodoro (ambos a competir no Campeonato Nacional de Supermoto), Bruno Cruz e Pedro Nabais (ambos no Troféu Nacional de Minimoto), uma forma encontrada pela Promolafões – Promoção de Eventos “Realização de Sonhos” para vangloriar os jovens pilotos e distinguir Águeda, cidade conhecida pela “capital” das duas rodas, bicicletas e motos.

Desta vez não vai ser necessário “viajar” até ao Crossódromo Internacional de Águeda para ver “in loco” as aventuras e peripécias de pilotos de excelência. Para os aguedenses, quase não é preciso sair de casa, porque a super-especial nocturna leva as emoções fortes à porta de cada um, ao passo que os visitantes terão a oportunidade de prolongar a “agitação motorizada” com a destreza dos quatro pilotos das duas rodas.

Refira-se que o flaviense Hugo Silva, 3.º classificado na Taça de Portugal de Supermoto, logrou o triunfo na primeira edição da prova realizada pelo Clube Motard de Chaves e contou com a presença de pilotos portugueses e espanhóis, enquanto João Teodoro esteve praticamente inactivo esta temporada devido a lesão.

Já Bruno Cruz e Pedro Nabais tiveram uma época marcada pelo sucesso no Troféu Minimoto. O primeiro sagrou-se vencedor da Classe S e, o segundo, destacou-se, também com o estatuto de vencedor, na classe X.

Em suma, a super-especial nocturna do Rali de Águeda vai fechar com “chave de ouro” com a excepcional actuação de quatro pilotos que prometem aquecer ainda mais os ânimos da prova do Clube Automóvel do Centro.

 

 

Scroll To Top