Quarta-feira , Agosto 22 2018
ÚLTIMAS
Home / RALLYCROSS / Arranques impediram melhor resultado a Joaquim Machado
Arranques impediram melhor resultado a Joaquim Machado

Arranques impediram melhor resultado a Joaquim Machado

 

 

 

No Circuito Internacional de Montalegre, onde se realizou a quarta jornada do Campeonato de Portugal de Ralicross, o Peugeot 206 S1600, do piloto de Lousada, Joaquim Machado, demonstrou alguns problemas no arranque. É um circuito de altitude, pois fica a mais de mil e 100 metros acima do nível do mar e o motor do 206 recusava-.se a permitir bons arranques.

Mau grado a Kaxa & Motor tudo ter tentado para resolver o problema, o tempo era pouco. Conseguiu, contudo, minimizá-lo.

Depois do arranque, Joaquim Machado impôs excelentes andamentos, como ficou provado ao fazer a volta mais rápida de todo o fim de semana, na Super 1600. Um tempo que passa a ser recorde, daquela categoria.

Nas qualificações, Joaquim Machado conseguiu a terceira posição, depois de dois segundos lugares nas segunda e quarta corridas. Na final, terminou em quarto.

“Foi uma prova difícil, pois o motor do Peugeot não me deixou, nunca, arrancar bem. Perdia tempo para os meus adversários e em provas muitos curtas, em que todos temos andamentos muito iguais, é muito difícil ultrapassar”, começou por referir Joaquim Machado. Depois, continuou. “Não é um resultado que me deixe satisfeito, mas foi a classificação possível”.

Com estas classificações, Joaquim Machado mantém-se no terceiro lugar do Campeonato, mas um pouco mais afastados dos dois pilotos que o precedem.

Vamos aguardar pela próxima jornada, que se realiza dias 8 e 9 de setembro, no Eurocircuito de Lousada

 

 

 

Scroll To Top