Terça-feira , Julho 17 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Art of Speed: nova época plena de paixão e ambição
Art of Speed: nova época  plena de paixão e ambição

Art of Speed: nova época plena de paixão e ambição

 

 

Manuela Gonçalves e Carlos Gonçalves (Peugeot 107), Raul Aguiar e Pedro Pereira (Mitsubishi Lancer Evo VI) e André Oliveira e Ricardo Bettencourt (Toyota Yaris) são as equipas que alinham no Rali Vila Medieval de Ourém, nos dias 24 e 25 de Março, com “prognósticos reservados” mas com pretensões em alta

 

São inúmeros os desafios que Art ok Speed idealizou para 2018, a começar já no Rali Vila Medieval de Ourém, na estrada a 24 e 25 de Março. Para a prova do Centro Cultural e Recreativo do Olival (Olival Motorizado), a equipa de preparação de automóveis de competição, sedeada em Souselas, Coimbra, transporta três viaturas para “batalhas” distintas.

A dupla formada por Manuela Gonçalves e Carlos Gonçalves terá à sua inteira disposição um Peugeot 107 com as especificações do Challenge 1000, com o objectivo de criar habituações tendo em vista futuras participações na presente temporada.

«Uma vez que o Rali Vila Medieval de Ourém presenteia as equipas participantes com um traçado longo, nada melhor que “enfrentá-lo” com o propósito de testar os nossos recursos físicos e anímicos», salientou Manuela Gonçalves, acrescentando que «é uma responsabilidade acrescida fazer parte da equipa de segurança», tripulado o carro da marca francesa do leão com o “S” nas portas. Além disso, «e tratando-se de uma competição desenhada meticulosamente, não enjeitamos a ocasião de apurar a navegação», aferiu a piloto.

Por seu turno, Frederico Formiga, responsável da Art of Speed, sublinhou que esta participação, «além de tudo o que já foi descrito, vem confirmar que o Challenge 1000 também é orientado para pilotos e navegadores com mais traquejo e, a prova de Ourém, é testemunho disso mesmo».

«Obviamente que estamos entusiasmados por termos o Peugeot 107 do Challenge 1000 na estrada, uma satisfação redobrada por termos esta oportunidade limar algumas arestas e afinar pormenores importantes e, logo, numa prova bastante exigente», vincou Frederico Formiga.

 

Raul Aguiar preparado para o desafio de Ourém

 

No entanto, a grande ambição “reside” no habitáculo do Mitsubishi Lancer Evo VI entregue aos “inquilinos” Raul Aguiar e Pedro Pereira. A dupla do Buçaco surge em Ourém rotulada de candidata ao triunfo, quer na prova do Olival Motorizado, como no Campeonato de Ralis do Centro.

Apesar de estarem ainda em fase de negociação com alguns potenciais patrocinadores para viabilizar a totalidade do campeonato, Raul Aguiar e Pedro Pereira terão no Rali Vila Medieval de Ourém o primeiro embate perante uma concorrência que se adivinha bastante forte.

«Vamos partir para a prova do Olivais Motorizado bastante motivados e esperançados em atingir os resultados predefinidos, que passam, essencialmente, por acumular o máximo de quilómetros no Mitsubishi Lancer Evo VI, sem deixar, obviamente, de procurar atingir o melhor resultado possível», afirmou Raul Aguiar.

«Sabemos que vamos medir forças com um pelotão poderoso, com nomes sonantes dos ralis em Portugal, mas estamos perfeitamente empenhados em valorizar os nossos parceiros nesta aventura», assumiu, por seu turno, o navegador Pedro Pereira que, em Ourém, deverão ser conhecidos alguns detalhes do projecto para a temporada em curso.

«Estamos perante uma dupla com créditos firmados no panorama do automobilismo nacional, colocando no asfalto a experiência adquirida ao longo de vários anos. O Mitsubishi Lancer Evo VI foi alvo de uma preparação cuidada durante o defeso, pelo que a ambição de Raul Aguiar e Pedro Pereira está com os índices de confiança em alta», sublinhou, por seu turno, Frederico Formiga.

«O defeso foi longo, mas a firmeza tem vindo a crescer, cuja ambição é proporcional aos desempenhos evidenciados em épocas anteriores», acrescentou o responsável pela Art of Speed.

 

Leiriense André Oliveira aposta na aprendizagem

 

Refira-se, por outro lado, que o ano de 2018 é encarado de iniciação, mas também de aprendizagem e crescimento para André Oliveira, um jovem de 21 anos de idade que fará praticamente a sua estreia em provas de ralis. O jovem leiriense acredita que vai ser «uma boa experiência, e logo numa prova realizada próxima da minha residência».

«As perspectivas são boas em que o objectivo passa por acumular ensinamentos no Toyota Yaris com as cores da Art of Speed, uma estrutura que, actualmente, é a que melhores condições oferece na região Centro do país», confidenciou André Oliveira.

Para Frederico Formiga, «esta é uma prova em que o André apenas terá a missão de se divertir bastante e que tire partido da performance da viatura alugada à Art of Speed, não lhe sendo exigido absolutamente nada, pelo que o mais importante é a diversão».

Com um traçado que ultrapassa os 160 quilómetros, as equipas participantes terão pela frente, no primeiro dia (sábado, dia 24), a dupla passagem por Castelo (19h15 e 21h00) e, no dia seguinte, duplas passagens por Pegadas Dinossauros (10h30 e 13h30) e Agroal (11h20 e 14h20), culminando com a super-especial Município de Ourém (15h30), nas principais artérias da cidade.

 

 

Scroll To Top