Quinta-feira , Agosto 17 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Aventura que fica para a vida
Aventura que fica para a vida

Aventura que fica para a vida

 

Teve uma partida desafiante, mas terminou com evidente sucesso a segunda edição do Off Road Bridgestone Marrocos, que de 22 a 30 de abril percorreu o Reino de Marrocos, sob organização do Clube Escape Livre. O maior dos eventos do calendário do clube pôs à prova a destreza dos condutores, as capacidades das 23 viaturas 4×4 e o espírito de aventura de todos os participantes.

A organização e a caravana estavam longe de imaginar que a travessia do estreito para Marrocos, devido ao mau tempo que o manteve fechado durante três dias, iria resultar num verdadeiro teste de paciência. Aproveitou-se para a instalação dos rádios nas viaturas mas só 13 horas depois da hora prevista a caravana conseguia atravessar o estreito, deparando-se seguidamente com as habituais e lentas burocracias na fronteira de Marrocos. Reduziu-se o tempo de descanso, mas o programa desenrolou-se então dentro do previsto, com os participantes que viajaram de avião a percorrerem a Medina de Fez e a ficarem deslumbrados com os seus tecidos coloridos, os curtumes, as especiarias e as farmácias tradicionais.

Entre os pontos altos, esteve, como não podia deixar de ser, a fase final do projeto Cores no Deserto, desenvolvida em conjunto com o agrupamento de escolas de Gouveia. A caravana teve oportunidade entregar o material escolar em duas escolas, uma em Tarda e outra em Adar n’Tassaounte, nas proximidades de Nekob, e onde a efusividade e a alegria das crianças tanto nas escolas, como ao longo do percurso, refletiu o sucesso da iniciativa.

Muitos foram os momentos de grande beleza e adrenalina ou mera curiosidade, nomeadamente os desafios das dunas do Erg Chebbi ou o contacto com o dromedário nascido precisamente há um ano, por ocasião do primeiro Off Road Bridgestone Marrocos, e apelidado de Escape Livre.

Quanto à nova etapa introduzida este ano, em Boumalne Dades, excedeu as expectativas, pela sua beleza e pelo percurso que permitiu visitar as gargantas de dois dos mais importantes rios de Marrocos, o Dadés e o Todra, cuja ligação se fez através de Agoudal. Aqui, os participantes almoçaram no restaurante de um português, onde a sobremesa de aletria foi a nota gastronómica lusa, depois da caravana ter subido aos quase três mil metros de altitude e onde, além das paisagens, se descobriu um pouco da tradição e da ruralidade da região.

Luís Celínio, presidente do Clube Escape Livre, acredita que: “apesar dos contratempos iniciais, conseguimos ter um evento que fica registado pelas mais positivas razões na memória dos participantes. Os VW Tiguan, equipados com os pneus Bridgestone, cumpriram sem problemas todo o percurso, em alguns casos bem duro, e ultrapassaram com sucesso as espetaculares dunas do Erg Chebbi”.

Para além da Volkswagen e da Bridgestone, o evento contou com o apoio da Valorpneu, First Stop, Spal, que mesmo em Marrocos, foi a responsável pelos troféus, e a TW Steel, que sorteou os habituais relógios.

 

 

 

Scroll To Top