Sábado , Dezembro 16 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Azores Airlines Rallye apresentado com várias surpresas….
Azores Airlines Rallye apresentado com várias surpresas….

Azores Airlines Rallye apresentado com várias surpresas….

O Nonagon, parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, na cidade da Lagoa, foi ontem palco da apresentação oficial do Azores Airlines Rallye 2017, prova de abertura do ERC – European Rallye Champioship.
O rali da ilha de S. Miguel, que também pontua para os Campeonatos de Portugal e dos Açores, vai para as estradas nos próximos dias 30, 31 e 1 de Abril, e promete reafirmar o sucesso do ano passado, elevando o nível de espectacularidade para todos os amantes do automobilismo e, simultaneamente, promovendo uma vez mais a Região Açores.
Francisco Coelho, Presidente do Grupo Desportivo Comercial, Secretário Regional dos Transportes e Obras Públicas, Victor Fraga, eng.º Paulo Meneses, representante do Grupo SATA, Costa Martins, vice-presidente da FPK, Cristina Calisto, presidente da CM da Lagoa, e o Diretor da prova António Andrade, deram a conhecer os objetivos, troços, horários e características da prova, revelando algumas das novidades desta edição.
Organizado pelo Grupo Desportivo Comercial e com o apoio do Governo Regional e dos diversos municípios da ilha de São Miguel e do Grupo Marques, a 52.ª edição do Azores Airlines Rallye será uma prova disputada em 89% em piso de terra e 11% de asfalto.
Antes da apresentação, Rui Anjos, do Gabinete de Comunicação do Azores Airlines Rallye, pediu a todos os presentes um minuto de silêncio em memória de Horácio Franco, recentemente falecido, enquanto o ecrã exibia uma imagem do grande campeão açoriano de ralis com seu fato de piloto seguindo-se uma grande salva de palmas.
Durante a apresentação, Francisco Coelho, para além de realçar a inscrição de carros R5 na prova (são cerca de 25 já certos), relembrou que as inscrições fecham quinta-feira, destacando, mais uma vez, o impacto económico nos Açores que esta prova continua a trazer. “Este é um trabalho continuado para que os Açores adquiram cada vez mais a notoriedade necessária para se afirmarem a nível europeu e mundial no âmbito do desporto automóvel. Não tem sido fácil a concretização dos nossos objectivos, quer no âmbito da logística, quer na componente financeira.”
Francisco Coelho reforçou ainda que “esta é uma aposta ganha e que tem o apoio sempre do Governo regional dos Açores e demais patrocinadores, que acreditam neste projecto que continuadamente nos tem colocado num patamar de excelência, com dividendos promocionais extremamente significativos muito por força da parceria entre o Grupo Desportivo Comercial e a Eurosports”.
Quanto estamos a pouco mais de vinte dias do início da prova, António Andrade, director de prova, confessou-nos que os troços, na sua generalidade, se mantêm semelhantes aos do ano passado.
“Neste momento ainda estão a decorrer nos pisos de terra os trabalhos de preparação”, realçando que “estas estradas são cada vez mais utilizadas pelos nossos turistas, portanto são mais-valias para o rali. São estradas maravilhosas e são as escolhidas pelos turistas e acho que devem ficar durante todo o ano bem conservadas, em termos de drenagens de águas e arranjos do próprio piso”, reiterou António Andrade.

 

Nuno Dinis

Fonte (Texto e foto)-Correio dos Açores

 

Scroll To Top