Quarta-feira , Dezembro 13 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Baja de Portalegre decide Nacional TT
Baja de Portalegre decide Nacional TT

Baja de Portalegre decide Nacional TT

Na sua 29ª edição a Baja de Portalegre decide no próximo fim-de-semana (entre 22 e 24 de Outubro) os títulos nacionais de TT 2015. Com apenas um título atribuído antes da chegada à cidade alentejana, nas mãos de João Lopes e Bruno Santos entre o pelotão dos UTV/Buggy, a prova organizada pelo ACP Motorsport promete levar muita animação ao Alto Alentejo em mais um encerramento de temporada, algo que acontece pelo terceiro ano consecutivo e novamente com António Maio e Mário Patrão como protagonistas.

Os dois pilotos dividem as vitórias na prova nos últimos onze anos, com recorde para Mário Patrão e chegam a Portalegre separados por apenas nove pontos fruto da ausência forçada de Maio na prova anterior após ter fracturado uma clavícula quando treinava para a Baja TT Idanha-A-Nova.

O piloto alentejano tenta estar na sua melhor forma a partir de sexta-feira (23 de Outubro), quando todo o pelotão de mais de 200 pilotos enfrentar as primeiras duas especiais da competição que este ano mostra um novo figurino.

Depois das verificações técnicas e administrativas a realizar na quinta-feira (22 de Outubro), os pilotos enfrentam duas especiais no dia seguinte, sendo a primeira o tradicional prólogo na Herdade das Coutadas junto à cidade, com os seus cinco quilómetros a definirem a ordem de partida para um segundo sector selectivo que se realizará na tarde de sexta-feira e que contará com 85 quilómetros de extensão. No Sábado (24 de Outubro) será ‘servido o prato forte’ da prova, com a realização de um único sector selectivo com 350 quilómetros que serão decisivos quanto ao resultado final do campeonato.

António Maio com os nove pontos de vantagem que tem  precisa de somar apenas mais 11 pontos para assegurar o título absoluto, o que na prática significa que terá que ser apenas quinto classificado em caso de vitória de Mário Patrão, o que deixa o alentejano mais confortável que em anos anteriores neste discussão com o rival beirão.

Mas a luta não será apenas entre estes dois, estando igualmente em aberto os títulos nacionais nas classes. Na TT1 Ruben Faria não vai estar presente para defender a liderança do campeonato – optando por continuar a preparar a presença no Dakar – e Gustavo Gaudêncio coloca-se desta forma como um sério candidato à primeira posição final do campeonato numa prova onde terá que enfrentar os sempre rápidos Luís Oliveira e Sebastian Buhler.

Entre os pilotos da TT 2 serão também Maio e Patrão a discutir a vitória na classe, mas David Megre está muito próximo, a apenas um ponto e em conjunto com Hélder Rodrigues também ele pode chegar ao primeiro posto final. O mesmo se passa na classe maior, TT3, onde a liderança de Fausto Mota lhe permite ser apenas quarto classificado face a Luís Teixeira para se sagrar campeão nacional.

Nos Moto 4 tudo se decide entre António Moreira e Tiago Gomes e ao veterano piloto de Famalicão apenas a vitória interessa para depois fazer contas quanto ao título. Tiago Gomes pode assim gerir a sua corrida do adversário e os seis pontos que tem de vantagem face ao rival numa corrida onde serão também protagonistas Roberto Borrego, André Carita ou Ruben Alexandre, no mais representado pelotão da classe na temporada com 35 pilotos inscritos.

Entre os Buggy e UTV discute a segunda posição do campeonato, com João Lopes a procurar no entanto a sua segunda vitória na prova, algo que até hoje apenas Jorge Monteiro conseguiu. Com diferenças muito reduzidas entre o segundo e o quinto classificados tudo pode acontecer numa prova que pode sempre revelar surpresas e promete de novo ser a grande festa do TT.

Classificações do Campeonato

Moto
1º António Maio, 80 pontos; 2º Mário Patrão, 71; 3º Ruben Faria, 59; 4º Fausto Mota, 54; 5º Gustavo Gaudêncio, 53; 6º Hélder Rodrigues e David Megre, 46.

Quad
1º Tiago Gomes, 84; 2º António Moreira, 78; 3º Beto Borrego, 60; 4º André Carita, 24; 5º Alexandre Silva, 22; 6º Ruben Alexandre, André Jesus e Bruno Ferreira, 17.

UTV/Buggy
1º João Lopes, 80; 2º Miguel Jordão, 56; 3º Pedro Santinho Mendes, 55; 4º Teo Viñaras, 50; 5º Dorothee Ferreira, 49; 6º Vítor Santos, 38

FOTO: ACP Motorsport

 

Scroll To Top