Domingo , Novembro 19 2017
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Basaúla entra a vencer em Alqueidão
Basaúla entra a vencer em Alqueidão

Basaúla entra a vencer em Alqueidão

Após 13 anos de ausência, coube ao traçado torrejano de Alqueidão as hostes de abertura do Campeonato Nacional de Motocross 2017. Depois às fortes chuvas que se abateram sobre o nosso país na última semana, as condições tornaram-se bastante difíceis, no entanto a organização demonstrou um grande empenho para que tudo corresse da melhor forma para pilotos, assistência e também público.

Entre mais de meia centenas de pilotos inscritos, em representação da formação B747 Kawasaki estava o atual campeão nacional Hugo Basaúla – aos comandos de uma Kawasaki KX450f e ainda o jovem Afonso Gomes com uma KX85 (classe Iniciados).

Basaúla entrou da melhor forma nesta competição, garantindo o melhor tempo nos treinos livres e também nos cronometrados. Já durante a tarde e na primeira manga, apesar de ter liderado grande parte da mesma, um erro nas últimas voltas relegavam o piloto Monster Energy para a segunda posição. Na derradeira manga do dia e com um andamento surpreendente, Basaúla venceu destacado garantindo assim a vitória geral em MX1 e MX Elite.

“Não estava à espera de vencer, pois sabia que ainda não estava a 100% da lesão contraída no Arenacross. As coisas acabaram por correr da melhor maneira, apesar de na primeira manga ter cometido um erro que me custou a vitória. Senti-me bem e na segunda arranquei forte e acabei por ganhar bastante distância para os meus mais diretos adversários. Acabou por ser um grande resultado….entrei com o pé direito neste campeonato e é no primeiro lugar que pretendo continuar” concluiu no pódio, Hugo Basaúla.

Aos comandos de um modelo 85cc inserido numa nova classe, Afonso Gomes demonstrou enorme evolução. O jovem piloto natural de Coimbra foi 7º nos treinos, no entanto com um excelente andamento conseguiu garantir a 4ª posição na primeira manga. Na segunda, alguns azares e com um traçado difícil para os mais jovens, Afonso viria a ser apenas 8º. No cômputo final ficaria na 5ª posição – classe Iniciados, nesta que era a estreia do piloto com as cores da B747. No final, Afonso Gomes comentou: “A pista estava muito difícil, mas penso que este resultado foi positivo pois consegui acabar em 5º lugar na geral. Vou continuar a treinar para evoluir a minha técnica e velocidade. Obrigado a todos que me estão a dar a oportunidade de participar no nacional”.

O Campeonato Nacional de Motocross prossegue já no próximo dia 19 de Março com a já habitual etapa transmontana em Freixo de Espada à Cinta.

Gil Neves
Fotos: Kevin Raposo

 

Scroll To Top