Sexta-feira , Dezembro 15 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Bom arranque de Miguel Campos no Rali Serras de Fafe
Bom arranque de Miguel Campos no Rali Serras de Fafe

Bom arranque de Miguel Campos no Rali Serras de Fafe

Equipa do Peugeot 208 R5 está no terceiro lugar

 

Miguel Campos e Carlos Magalhães estão na terceira posição depois de cumpridas as duas primeiras especiais do Rali Serras de Fafe, a ronda inaugural do Campeonato de Portugal de Ralis. A dupla do Peugeot 208 R5 está a 11,8 segundos dos líderes depois do início da prova ter sido um pouco conturbado.

 

Miguel Campos e Carlos Magalhães arrancaram para o primeiro troço mas tiveram de parar a meio. Um acidente do concorrente Diogo Salvi obrigou a organização a neutralizar a especial e a equipa acabou por ficar com um tempo atribuído pelos comissários e que implicou a perda de mais de nove segundos.

 

Na segunda passagem pelo mítico troço, Miguel Campos e Carlos Magalhães já puderam mostrar um pouco do seu potencial e foi com naturalidade que a diferença para os primeiros diminuiu consideravelmente. A formação perdeu apenas 2,6 segundos para os mais rápidos e revelou que está em condições de alcançar os objectivos a que se propôs para este rali, que é terminar entre os primeiros.

 

“Estou satisfeito com o meu regresso à competição. O arranque deste rali não aconteceu como mais desejávamos, e acabámos por perder tempo logo no primeiro troço por razões alheias à nossa prestação. Mas depois entrámos com um bom ritmo e deu para perceber que mesmo com apenas 20 quilómetros de testes, estamos contentes porque mostrámos que ainda somos competitivos, afirmou o piloto de Famalicão.

 

Para Miguel Campos, estes dois primeiros troços já validaram o que o piloto tinha dito na antevisão da prova. “Aqui não há táticas. É preciso andar depressa se quisermos ficar na frente. E amanhã vai ser assim o dia todo. Um erro ou um problema, por pequeno que seja, vai hipotecar as hipóteses de qualquer um em terminar num bom resultado. Queremos andar sempre rápido e esperamos estar cada vez melhores a cada quilómetro que fizermos, sublinhou o vice-campeão europeu de 2003.

 

Amanhã, a organização reservou dez classificativas para a segunda etapa. São cinco troços com duas ou três passagens em cada. O primeiro concorrente arranca para Lameirinha 1 às 9h41. A última especial, Ruivães 3, tem partida marcada paradas 18h02. No total, as equipas completam quase 65 quilómetros contra o cronómetro. A cerimónia de pódio realiza-se às 18h45 na Praça das Comunidades, em Fafe.

 

Scroll To Top