Quarta-feira , Setembro 19 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Bruno Fernandes vence pela primeira vez
Bruno Fernandes vence pela primeira vez

Bruno Fernandes vence pela primeira vez

A 5.ª e penúltima jornada do Campeonato Nacional de Trial 4×4 disputou-se em Torres Vedras. A cidade recebeu pelo terceiro ano consecutivo uma jornada do nacional e de ano para ano o sucesso é crescente. Quer seja pelas excelentes condições que a organização proporciona, pelo anfiteatro natural que é a pista do Sarge ou pelo público que vibra com a passagem de cada obstáculo, o espetáculo é garantido. Foi um dia em grande para a modalidade e para toda a região do Oeste.

Bruno Fernandes vence à geral

Bruno Fernandes (JMF) foi o grande vencedor desta quinta etapa do Campeonato Nacional de Trial 4×4. O piloto de Famalicão foi, de todos os 33 participantes, quem conseguiu dar mais voltas à pista, 18 no total. Sem problemas mecânicos de maior nunca teve de parar e por isso depois de chegar à frente da corrida nunca mais cedeu espaço à concorrência. Nas contas do CNTrial 4×4 2016 Absoluto, quando falta apenas uma jornada para terminar o Campeonato, é António Henriques (Mister Reboques) quem lidera com 70 pontos. Rui Querido (Tibus offroad/ladricolor/STS) é segundo com 64 pontos e Rui Rocha (Team Rj 4×4) terceiro com 58 pontos.

Pedro Costa soma e segue

Já é a terceira vitória da temporada para Pedro Costa (Preparações Badinho 4×4). Apesar de problemas com o bloqueio traseiro da Nissan Navara a 30 minutos do final da prova, conseguiu uma vitória confortável com duas voltas de vantagem. A vitória durante a manhã no prólogo garantiu-lhe também um ponto extra, muito importante na luta pela vitória final. Os problemas elétricos foram o grande problema de Pedro Alves (MonsTTer/Cistus) na jornada de Torres Vedras. Ao navegador Mário Silva foi pedido um esforço extra na transposição dos obstáculos e com trabalho de equipa conseguiram garantir o segundo lugar. Depois de já ter estado em Mação, Filipe Alambre (RCA) regressou nesta jornada de Torres Vedras e com um resultado bem mais positivo. Terminou as três horas de resistência no terceiro lugar do pódio, com 10 voltas, o dobro do quarto classificado. Quando falta uma jornada para terminar o campeonato Pedro Costa (Preparações Badinho 4×4) segue na frente com 88 pontos, seguido de Pedro Alves (MonsTTer/Cistus) com 80 pontos. António Silva (Canelas Pneus) é terceiro com 76 pontos.

Bruno Fernandes vence Classe Proto

Como já referimos, Bruno Fernandes (JMF) fez o melhor resultado do dia. Por isso, além do primeiro lugar na Absoluto, conseguiu também o melhor resultado da sua classe – Proto. É a primeira vitória desta época para a equipa de Famalicão. Rui Rocha (Team Rj4x4) voltou a subir ao pódio em Torres Vedras, tal como aconteceu em todas as etapas desta época. Os problemas mecânicos ainda não o deixaram chegar ao primeiro lugar, mas merece créditos pela regularidade. Rui Querido (Tibus/offroad/ladricolor/STS) completa o pódio da classe Proto. É a primeira vez que o piloto não ganha a jornada de Torres Vedras, mas entrou na resistência a ter problemas. Partiu o cabo do acelerador pouco depois da partida e perdeu tempo precioso na luta pela vitória. Terminou a prova com as mesmas 17 voltas de Rui Rocha, mas gastou mais três minutos e 51 segundos. Depois de cinco provas António Henriques (Mister Reboques) continua a ser o líder da classe Proto, agora com 83 pontos. Rui Querido (Tibus offroad/ladricolor/STS) segue em segundo com 80 pontos. Rui Rocha (Team Rj 4×4) completa o pódio com 79 pontos.

Luis Jorge triunfa em casa

Foram três anos à procura desta vitória. Desde 2014 que Luis Jorge (peçaslandrover.com) sonhava ganhar em Torres Vedras, de onde é natural, mas o piloto teve de esperar até 2016 para concretizar o desejo. A concorrência apertou e o Proto XS5 ainda teve alguns problemas, mas conseguiu terminar em primeiro da classe Super Proto, com 11 voltas à pista. Vítor Matos (Base Branca 4×4) não é presença constante nas provas do Campeonato Nacional, mas nas etapas em que participou ainda não se tinha conseguido afirmar. No final da prova de Torres Vedras mostrava-se muito satisfeito com o segundo lugar alcançado. Teve problemas com a caixa de velocidades e terminou com menos uma volta do que Luis Jorge. O objetivo agora é chegar à vitória já na próxima jornada. Marcelo Manuel (Paviconde/cameirão4x4) veio apresentar o seu carro ao campeonato e estreou-se com um lugar no pódio. Com quase uma hora de prova capotou e optou por não continuar em prova. Ainda assim, as 4 voltas à pista foram suficientes para garantir o bronze de Torres Vedras. Nas contas gerais desta classe, Luis Jorge (peçaslandrover.com) é agora líder isolado, com 87 pontos. Bruno Nunes (Npower 78) continua na segunda posição com 78 pontos. Claudio Amarilio (Bar Amarilio/Preparações Badinho) segue no terceiro lugar com 64 pontos.

Hugo Tenreiro alcança primeira vitória

Depois de duas horas de resistência, Hugo Tenreiro (Mister Reboques 2) venceu a classe de Promoção. Uma conquista difícil para a equipa de Fornos de Algodres, mas muito desejada. Depois do quarto lugar em Valongo e Chaves, da prata em Mação e do bronze em Bragança, conquistaram finalmente o ouro em Torres Vedras. João Fernandes (Jovi Team) até partiu na frente por ter vencido o prólogo, mas num dia muito negativo para os sticks – partiu 7 – ficou-se pela segunda posição, com menos uma volta do que o vencedor. João Arsénio (4 fun4x4 Team) estrou-se nesta época 2016 do CNTrial 4×4 com uma entrada direta para o pódio. Completou as mesmas 10 voltas do quarto classificado, mas gastou menos quatro minutos e sete segundos. Na classificação geral da promoção João Fernandes lidera com 87 pontos. Manuel Morgado (Jot4x/Trial cars) é segundo com 79 pontos, mais 1 do que Hugo Tenreiro (Mister Reboques 2).

João Lopes vence e convence

Se ainda havia dúvidas João Lopes (JL Racing/Polaris/GRO/RPA& Filhos) tratou de as desfazer. Em Torres Vedras a concorrência até apertou, mas o piloto manteve-se firme na frente e, com 16 voltas, venceu mais uma etapa. Com 4 vitórias em 5 provas o piloto de Torres Vedras é, em teoria, o campeão nacional da classe UTV/ Buggy. Para se sagrar campeão tem apenas de pontuar na última etapa, no concelho de Paredes a 23 de outubro. Na segunda posição terminou Daniel Duque (Duque TT), a 2 voltas do vencedor. O pódio dos UTV’s/Buggy fica completo com Luis Edgar, que depois de se ter estreado na primeira jornada, em Valongo, voltou à competição nesta quinta etapa

 

Scroll To Top