Quinta-feira , Outubro 18 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Bruno Magalhães quer somar quarta vitória no RVM e igualar Basso
Bruno Magalhães quer somar quarta vitória no RVM e igualar Basso

Bruno Magalhães quer somar quarta vitória no RVM e igualar Basso

As vitórias em 2011, 2012 e 2014 deixam Bruno Magalhães a um triunfo de igualar o italiano Giandomenico Basso (vencedor em 2006, 2007, 2009 e 20013), no palmarés do Rali Vinho Madeira (RVM). Mais um motivo de interesse para a prova e para o piloto português.

“Estou super motivado para conseguir a quarta vitória e para integrar o Album de Ouro do Rali Vinho Madeira, como piloto com mais triunfos na prova”, salientou Bruno Magalhães, ao abordar mais uma presença na prova madeirense.

“Este é o meu rali preferido, não conta para o campeonato que estou a disputar, mas faço todos os esforços para estar presente, porque considero ser uma prova de qualidade, com uma excelente organização e com um público fantástico, que muito me tem acarinhado e apoiado. Para mim, é um rali de paixão”, confessou o vencedor da última edição do RVM.

Bruno Magalhães e o co-piloto Hugo Magalhães vão estar na Madeira com o Peugeot 208 T16. Esta temporada, já disputaram duas provas: Sata Rallye Açores e o Ypres Rally, na Bélgica.
“Terminamos estes dois ralis do Campeonato da Europa em quarto lugar. Para já as expetativas são as melhores. O carro está a responder bem e vamos dar sempre o nosso melhor”, referiu, deixando boas indicações para a Madeira:

“Espero que o carro responda na perfeição. Vamos fazer testes na segunda-feira, para garantir que a viatura está a funcionar corretamente, para procurarmos a melhor afinação ao asfalto e ao estilo madeirense.”

O piloto da Delta Rally antevê uma prova muito competitiva nos próximos dias 30 e 31 de julho e 1 de agosto: “Penso que será extremamente disputado. É bom ter várias viaturas da mesma categoria (R5), isso vai garantir grande animação na estrada. Na minha opinião, teremos quatro ou cinco pilotos a lutar pela vitória, entre eles os dois madeirenses, Miguel Nunes e Alexandre Camacho. Este rali tem tudo para ser bem disputado.”

 

Scroll To Top