Quarta-feira , Novembro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Campeão António Maio vence em Arganil
Campeão António Maio vence em Arganil

Campeão António Maio vence em Arganil

 

Sebastian Buhler vence TT1 e sobe ao pódio absoluto

 

A equipa Yamaha Racing inicia a temporada de 2016 com uma tripla vitória. O campeão nacional António Maio começou da melhor forma a defesa do título vencendo a prova de abertura do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno 2016, organizada pelo Góis Moto Clube. Maio venceu também a Classe 2 enquanto o seu companheiro de equipa Sebastien Buhler triunfou na Classe TT1. No final da corrida ambos subiram ao pódio absoluto de uma prova que este ano esteve sediada em Arganil, no Distrito de Coimbra.

 

O 23º Raide TT Paraíso Todo-Terreno começou com uma difícil etapa marcada pela chuva e o nevoeiro intenso. A meio da etapa de Domingo António Maio chegou à liderança e até final reforçou a sua posição. “Estou muito satisfeito por começar a temporada a ganhar e logo na prova onde me sinto menos à vontade. É o reflexo da nossa pré-época com treinos muito exigentes tanto a nível físico como na preparação da nossa nova moto uma Yamaha WR 450. No início da prova estive menos à vontade porque a pista estava muito escorregadia, mas depois alterámos a afinação, choveu menos, houve mais tração, consegui recuperar o tempo anteriormente perdido e ganhar vantagem”, salientou no final da corrida o atual campeão nacional.

 

Sebastien Buhler, o jovem piloto da Yamaha Racing, começou o segundo dia muito bem e liderou até meio da corrida. “Senti-me bem, a moto estava fantástica e aproveitei as difíceis condições para ganhar alguma vantagem. A 3ª PEC da 2ª etapa não me começou a correr bem e com isso perdi a concentração e toda a vantagem que tinha. De qualquer forma terminar em terceiro lugar absoluto e vencer a classe foi muitíssimo bom”.

 

Para Frederico Fino “o balanço desta primeira corrida é muito positivo. Os nossos pilotos estiveram ao seu melhor nível e mais uma vez dominámos o pódio de uma prova de TT. As novas Yamaha WR 450 são muito boas e permitem conseguirmos estes sucessos. Quanto a mim tive uma grande dificuldade em lidar com as temperaturas negativas o que me impediu de continuar”, salientou o piloto e também gestor de uma equipa que contou ainda com a participação de David Ferreira que terminou a prova em 5º lugar da Classe TT1 e em 4º dos Veteranos.

 

Scroll To Top