Segunda-feira , Maio 29 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Campeonato Nacional de TT regressa às Beiras
Campeonato Nacional de TT regressa às Beiras

Campeonato Nacional de TT regressa às Beiras

 

– A António Maio um 5º lugar é suficiente para se sagrar campeão em Idanha
– Tiago Gomes e João Lopes defendem liderança nos Quad e UTV
– António Maio e Beto Borrego venceram aqui no ano passado

Depois de duas etapas na serra beirã, outras tantas no Alentejo e uma no Algarve, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa agora à Beira Baixa para, sob a batuta da Escuderia Castelo Branco, se disputar a Baja TT Idanha-a-Nova.

António Maio, Tiago Gomes e João Lopes lideram respetivos campeonatos
De registar o domínio de António Maio nas motos piloto que venceu as quatro corridas já disputadas. Também João Lopes entre os UTV/Buggy tem sido o mais forte tendo vencido por três vezes. Já nos Quad as vitórias foram repartidas entre Tiago Gomes, que lidera o campeonato, o veterano António Moreira e Beto Borrego que já venceu por duas vezes.

António Maio a um 5º lugar do título
Numa temporada em que, nas duas rodas, o centro das atenções continua a ser o tradicional duelo entre o atual campeão Mário Patrão e o sempre candidato ao título António Maio, a balança está a pender para este último que soma já quatro vitórias. O piloto da Yamaha necessita apenas de 11 pontos (o que corresponde a um 5º lugar) para se sagrar antecipadamente campeão nacional.
A classe TT1 tem sido a mais interessante de acompanhar. Em quatro corridas houve três vencedores diferentes: Luís Oliveira venceu em Góis, o campeão Sebastian Buhler triunfou na Ferraria e em Loulé e Proença o mais rápido foi Gustavo Gaudêncio. Apesar disso, é Ruben Faria quem lidera nesta sua aventura pela classe das motos de menor cilindrada ocupando ainda a terceira posição absoluta do campeonato. De salientar que Buhler regressa depois de ter estado ausente por lesão nas duas últimas corridas. Na Classe TT2, António Maio lidera à frente de David Megre e Mário Patrão, enquanto na Classe TT3 a liderança pertence a Fausto Mota que reparte com Luís Teixeira, o atual campeão, as vitórias em 2015. Um duelo muito animado a seguir de perto.
De salientar nas duas rodas o regresso de Hélder Rodrigues às competições nacionais depois de boas prestações na Tunísia, Sardenha e Turquia.

Tiago Gomes surpreende nos Quad
Entre os Quad a temporada tem sido marcada por inúmeras surpresas e infelizmente alguns dissabores. O piloto de Freestyle Tiago Gomes venceu a primeira corrida, Beto Borrego triunfou na Ferraria de forma destacada e em Loulé coube ao veterano António Moreira subir ao lugar mais alto do pódio. Beto Borrego que já foi forçado a desistir por duas vezes regressou aos triunfos em Proença. Gomes e Moreira estão separados por escassos quatro pontos.

João Lopes domina no UTV
Na competição destinada aos Buggy/UTV, que irá contar com três dezenas de concorrentes, o campeão de 2012, João Lopes, tem dominado. Foi o mais rápido em todos os prólogos e venceu três das quatro corridas. Os espanhóis Teo e Roberto Viñaras, assim como Vítor Santos e também Bruno Martins são todavia pilotos que mantém um andamento muito próximo de João Lopes e qualquer um deles é sempre candidato ao triunfo.
Na segunda posição está o espanhol Teo Viñaras, que venceu em Loulé, enquanto o terceiro lugar é ocupado ex-áqueo pela francesa Dorothee Ferreira e por Pedro Santinho Mendes. O 5º lugar atualmente pertença de Miguel Jordão é também muito disputado com Roberto Viñaras a dois pontos e Bruno Martins a outros tantos.

Desafio Polaris e Classe Hobby
A prova organizada pela Escuderia Castelo Branco será ainda a terceira etapa do Desafio Polaris ACE 570 – competição que tem Filipe Ferreira na liderança – e está ainda aberta a pilotos não licenciados que podem correr na classe Hobby.

A prova beirã compreende uma passagem por um prólogo, a ser realizado na Sra. do Almortão próximo de Idanha-a-Nova, com 7,1 quilómetros de extensão que terá lugar na sexta-feira dia 11. No dia seguinte, os concorrentes enfrentarão sucessivamente um troço com 104,47 km e outro com 178,66 km, ambos com partida e chegada na Sra. do Almortão.

 

Scroll To Top