Sexta-feira , Outubro 19 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Carlos Fernandes conquista título do Desafio Kumho Portugal – Asfalto
Carlos Fernandes conquista título do Desafio Kumho Portugal – Asfalto

Carlos Fernandes conquista título do Desafio Kumho Portugal – Asfalto

O brilhante palmarés de Carlos Fernandes recebeu mais um título após o Rali de Viana do Castelo do passado fim de semana. O piloto do Mitsubishi Lancer Evo VI, navegado por Valter Cardoso, assegurou a conquista do Desafio Kumho Portugal – Asfalto, no final de uma prova atribulada.

Se dúvidas existissem sobre o talento de Carlos Fernandes, basta olhar para a galeria de títulos do piloto de Sintra: Desafio Modelstand (2011), Campeonato Regional Centro (2014), Taça de Portugal de Ralis (2014), Campeonato FPAK Centro (2015), Campeonato FPAK de Ralis (2016), Taça FPAK de Asfalto (2016), Taça FPAK de Terra (2016) e Desafio Kumho Portugal – Asfalto (2018).

Foi no Rali de Viana do Castelo que Carlos Fernandes e o navegador Valter Cardoso confirmaram a vitória no troféu de asfalto da marca sul-coreana, apesar do fim de semana complicado para a equipa do ‘velhinho’ Lancer Evo VI e para toda a caravana dos ralis nacionais.

Tudo começou no segundo troço do rali, quando a caixa de transferências do Mitsubishi cedeu, obrigando a equipa a fazer uma viagem inesperada para encontrar uma peça de substituição, concluindo a reparação do carro já de madrugada. Regressados à prova em Super Rali, Carlos Fernandes e Valter Cardoso sofreram um toque na PEC9, danificando a traseira do Mitsubishi mas ainda assim ganhando quatro dos últimos cinco troços do rali, sendo a dupla que mais especiais venceu na prova minhota.

Em paralelo, o quarto lugar obtido no Desafio Kumho Portugal – Asfalto foi suficiente para Carlos Fernandes confirmar a conquista do título, depois de já ter ganho as rondas nos ralis de Ourém, Santo Tirso e Vidreiro – Centro de Portugal.

“A quebra da caixa de transferências logo no segundo troço do rali impediu-nos de lutar pela vitória à geral, como era nossa intenção”, refere Carlos Fernandes. “Tenho de agradecer ao João Oliveira e João Vinha, pela cedência de uma caixa de transferências que nos permitiu continuar em prova. No domingo, queríamos vencer o máximo de troços mas aquele toque fez-nos perder tempo, apesar de só termos danificado chapa na traseira do carro. Na fase final, confirmámos que tínhamos hipótese de lutar pela vitória à geral mas foi importante garantir os pontos necessários para ganharmos o Desafio Kumho Portugal – Asfalto. É mais um momento importante na nossa carreira, sobretudo porque somos uma equipa pequena e onde eu próprio tenho de trocar o fato de piloto pelo fato de mecânico, como foi o caso este fim de semana. Quero destacar aqui a importância da Eni, da Dental+ e de todos os nossos patrocinadores. Um obrigado muito especial também ao Luís Ferreira e ao Valter Cardoso. Vamos agora tentar garantir os dois títulos que nos faltam no troféu”, apontou o piloto do Lancer Evo VI, aludindo às classificações absoluta (Master) e de Terra, que Carlos Fernandes também lidera.

 

Scroll To Top