Quinta-feira , Novembro 23 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Carlos Fernandes cumpre objetivo e termina Azores Airlines Rally na estreia com Skoda Fabia S2000
Carlos Fernandes cumpre objetivo e termina Azores Airlines Rally na estreia com Skoda Fabia S2000

Carlos Fernandes cumpre objetivo e termina Azores Airlines Rally na estreia com Skoda Fabia S2000

 

 

Carlos Fernandes e Valter Cardoso concluíram este sábado o Azores Airlines Rally dentro do top 15 da geral, um resultado positivo para uma dupla que se estreava nos difíceis troços açorianos. Evolução com o Fabia S2000 deixou boas indicações para o futuro.

 

A prova de abertura do Campeonato da Europa FIA de Ralis (e terceira ronda do Campeonato Nacional) terminou de forma bastante positiva para Carlos Fernandes e Valter Cardoso, que mantiveram a concentração em condições muito difíceis e levaram o Skoda Fabia S2000 até ao final, cumprindo o grande objetivo a que se propuseram antes do evento. O piloto de Sintra, atual campeão FPAK de Ralis, teve de descobrir um rali completamente novo para si e que apresentou condições ainda mais complicadas e variáveis do que em edições anteriores, com o nevoeiro e a lama a dificultarem muito a tarefa das equipas.

Ao volante do único S2000 em prova, com o qual tinha feito apenas 35 kms de testes, Carlos Fernandes foi ganhando cada vez mais confiança sem cometer excessos, uma postura fundamental num rali marcado por várias desistências, inclusive entre as equipas que discutiram a vitória. No final, o 15º lugar da geral – na frente de alguns modernos R5 – acaba por ser um resultado positivo para uma dupla que acumulou enorme experiência nesta sua primeira prova pontuável para o Campeonato Nacional.

“Missão cumprida”, referiu Carlos Fernandes já em Ponta Delgada. “Chegar ao final é algo que nos deixa muito orgulhosos depois de termos enfrentado condições difíceis e que desconhecíamos por completo. Não conseguimos os tempos que pretendíamos e penso que o nosso grande handicap foram os pneus que tínhamos à disposição. Tínhamos pneus macios quando aqui o ideal seriam os super-macios. Neste tipo de pisos o motor atmosférico do S2000 perde muito para os R5 com motores turbo, mas nós sempre soubemos que essa seria uma luta desigual. No fundo, foi uma aprendizagem enorme para todos nós, em troços fantásticos mas muito difíceis, onde o conhecimento prévio e a preparação são fundamentais. Obviamente que o nível do Campeonato da Europa é elevadíssimo e também por isso sinto que saímos daqui mais competitivos”, afirmou Carlos Fernandes, que fez ainda questão de agradecer “a toda a equipa da Veloso Motorsport, aos nossos patrocinadores que nos permitiram estar aqui, e todos os amigos e família pelo apoio que nos deram no local e à distância”.

 

Nuno Dinis

 

Scroll To Top