Sexta-feira , Setembro 22 2017
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Cesar Sequeira com “adaptação” condicionada na baja Espanha
Cesar Sequeira com “adaptação” condicionada na baja Espanha

Cesar Sequeira com “adaptação” condicionada na baja Espanha

Os 650 km da Baja Aragon fizeram circundar a cidade de Teruel os melhores do mundo da modalidade, entre eles César Sequeira e Tânia Sequeira.

 

No primeiro dia de prova a equipa apanhou, ao final de 3 km, o concorrente que partiu à sua frente mas  o imenso pó tornava uma ultrapassagem um risco demasiado grande e tendo César Sequeira optado pelo factor segurança e protelar um ataque no prólogo que até era ao jeito da equipa.

 

Após este pequena contingência das corridas, definia-se uma entrada ao ataque para o sector selectivo seguinte, mas a Isuzo D-Max não colaborou tendo obrigado a equipa a fazer os 162 km em modo “passeio”.

 

Foi preciso usar a meia hora e os 3 técnicos de assistência até ao último segundo para a StyleAuto Motorsport voltar a “acordar” a Isuzo D-Max.

Para que isto acontecesse foi notória a união das equipas portuguesas “fora de portas” com uma equipa da “concorrência”, a Prolama, a disponibilizar uma peça, necessária a reparação.

 

Com uma Isuzo D-Max cooperante e com os pilotos com vontade de mostrar o que valem, partiram para os dois últimos sectores selectivos com a garra que lhes é característica e venceram os dois na sua categoria.

 

De um início de prova atribulado até a vitória nos dois últimos sectores resultou um 3º lugar na categoria T2 e uma impressionante recuperação que se comentava por entre os espectadores e equipas.

 

Foi uma estreia para César Sequeira e Tânia Sequeira e, apesar de condicionados, não deixaram os créditos por mãos alheias e mostraram o quão competitivos são.

 

 

 

 

 

 

Scroll To Top