Terça-feira , Setembro 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Challenge DS3 R1 em rali totalmente novo
Challenge DS3 R1 em rali totalmente novo

Challenge DS3 R1 em rali totalmente novo

Após Castelo Branco e Vidreiro, o Rali do Marco União de Freguesias será a terceira prova do Challenge DS3 R1, que é uma novidade para todos os participantes.

 

Diogo Soares / Luís Rodrigues dominaram as duas primeiras provas do Challenge DS3 R1, mas agora no Rali do Marco União de Freguesias, que decorre nos próximos dia 1 e 2 de julho, esta dupla, bem como os seus mais diretos adversários, vão ter de enfrentar um rali totalmente novo, com dois dias de competição.

 

Victor Calisto, responsável pelo Challenge DS3 R1, refere que esta competição “vai entrar numa fase decisiva, já que os adversários de Diogo Soares vão tentar tudo por tudo para vencer e assim equilibrar as contas do Challenge. Será uma prova nova para todos, o que irá equilibrar ainda mais os andamentos, pelo que se espera um rali bem competitivo e disputado”.

 

Vencedor em Castelo Branco e no recente Rali Vidreiro, Diogo Soares, que comanda o Challenge, diz que “o objetivo mantêm-se para este rali. Queremos lutar pela vitória, e vamos tentar preparar o rali da melhor maneira possível. Temos algumas coisas a retificar depois do último rali e esperamos conseguir dar mais um passo no que toca à nossa evolução”.

 

Atual segundo classificado do Challenge, Miguel J. Barbosa, refere, relativamente a esta prova no Marco de Canaveses, que “certamente vai ser um rali bastante animado, e vamos para discutir a vitória”.

 

Depois de uma boa exibição no Vidreiro, Ricardo Sousa, diz que “o objetivo para o Rali do Marco é continuar com o ritmo que conseguimos alcançar no Vidreiro, e para tal vamos tentar evoluir o andamento troço a troço pois este rali é bastante traiçoeiro e é muito fácil cometer um erro”.

 

Para o piloto de Viseu, Hugo Lopes “os objetivos passam por lutar pelo pódio. Depois da desistência no último rali não podemos perder mais pontos. A luta pelos lugares da frente vai passar a ser o objetivo para os próximos ralis desta época. Ainda não estamos onde queremos mas vamos preparar melhor as provas daqui para a frente para que também possam contar connosco. Vamos tentar que seja já a partir desta prova, por isso mais uma vez vamos dar o nosso melhor”.

 

Sérgio Brás vai ter neste rali a sua verdadeira estreia, depois da curta experiência na prova anterior. “Como a minha estreia não correu da melhor forma e da maneira que tínhamos delineado, para este rali vamos continuar a aprendizagem sempre com o pensamento em terminar, fazer quilómetros para adquirir mais ritmo competitivo, tentando ir sempre aumentando o andamento para ver onde nos vamos colocando especial a especial. Desta vez não vou poder contar com o Paulo Fiuza ao meu lado, mas sim com toda a experiência do Nuno Rodrigues da Silva que me vai acompanhar e ajudar nesta que será a minha segunda participação nesta competição”, refere Sérgio Brás.

 

O Rali do Marco União de Freguesias estará na estrada nos próximos dias 1 e 2 de julho.

 

Scroll To Top