Quinta-feira , Setembro 20 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Challenge entra na segunda fase da competição
Challenge entra na segunda fase da competição

Challenge entra na segunda fase da competição

 

O Rali Aguiar da Beira / Sernancelhe é a quarta prova do calendário do Challenge DS3 R1 2016, das seis que serão disputadas nesta competição. Até agora em três provas houve três vencedores. Será que a tendência se mantém para esta prova?

 

Ricardo Sousa, Diogo Soares e Pedro Antunes foram até ao momento os pilotos que saborearam a vitória no Challenge DS3 R1 de 2016. Se a regra se mantiver, quer dizer que no Rali de Aguiar da Beira / Sernancelhe teremos um quarto vencedor diferente, e o que é certo é que não faltam candidatos para tal, mesmo que todos queiram vencer.

Na entrada da segunda fase da competição, as contas do Challenge podem começar a ficar definidas, mas com o que se viu nas primeiras provas tudo pode acontecer. “As primeiras três provas foram férteis em surpresas e, por isso, não é fácil prever mais uma vez o que pode vir a acontecer no Rali de Aguiar da Beira / Sernacelhe”, comenta Vitor Calisto, responsável da Inside Motor Eventos, entidade que organiza o Challenge, esperando que “seja de novo uma grande prova e que os pilotos continuem a demonstrar o seu valor num rali que será disputado com altas temperaturas. Tal situação causará novas dificuldades aos pilotos nomeadamente na gestão dos pneus, até porque se trata de um rali muito rápido onde é necessário muita concentração”.

O Rali de Aguiar da Beira / Sernancelhe terá o seu início no dia 22 de julho pelas 20h30m, com a realização de uma super-especial em Aguiar da Beira, para no dia 23 de julho se disputarem 8 provas especiais de classificação, tendo a prova o seu final agendado para as 16h30m.

 

EXPETATIVAS DOS PILOTOS PARA O RALI DE AGUIAR DA BEIRA / SERNANCELHE:

 

RICARDO SOUSA
Vamos continuar a lutar como até aqui.. O principal foco é somar o máximo de pontos para o Challenge. Vamos imprimir um ritmo forte num rali pequeno que não dá margem de erro… no final faremos as contas”.

 

DIOGO SOARES
Os nossos objectivos para Aguiar da Beira são, obviamente, tentarmos manter-nos na luta pelo título no Challenge, e para isso, vamos tentar impor um ritmo forte desde início”.

 

GONÇALO INÁCIO
O objectivo para Aguiar na Beira é vencer o rali. Quanto à estratégia é de lutar pelas primeiras posições em todos os troços e ver se é desta que o azar não nos bate à porta, sabendo claro que é o primeiro ano de ralis e ainda existe um longo caminho a percorrer”.

 

ANDRÉ OLIVEIRA
Para o Rali de Aguiar da Beira partimos com o objetivo de terminar o rali e acabar com os azares que nos tem perseguido nas ultimas provas de forma a fazermos o maior número de quilómetros com o carro para continuarmos com a nossa adaptação ao mesmo. Vamos tentar entrar desde início confiantes com o carro de forma a minimizar a nossa diferença para os restantes concorrentes do troféu, e dar o nosso melhor especial a especial”.

 

PEDRO ANTUNES
O objetivo é vencer novamente para recuperar na classificação do Challenge. A estratégia passa pelo mesmo que temos vindo a fazer, imprimir um bom ritmo não cometer erros atacando onde nos sentimos mais à vontade”.

 

ANDRÉ RODRIGUES
Depois de um rali azarado na Marinha Grande, estamos prontos novamente para o desafio. Temos consciência que podemos lutar pelos lugares da frente e é isso que vamos fazer. Atacar de início e melhorar a cada quilómetro. Acabar o rali e somar pontos continua a ser o principal objectivo visto que só dessa forma conseguimos alcançar tudo o resto”.

 

HUGO LOPES
Os objetivos passam por garantir o maior número de pontos e tentar recuperar alguns pontos para vermos onde nos podemos posicionar em termos do Troféu. Vai ser um rali sem grandes riscos mas espero que consiga alcançar os tempos da frente para assim continuar a minha evolução e no futuro disputar o triunfo num Rali”.

 

Todas as informações e resultados do Rali Aguiar da Beira / Sernancelhe em:  www.camg.pt

 

Scroll To Top