Sexta-feira , Maio 25 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / CITROËN VODAFONE TEAM NA LUTA PELO PÓDIO
CITROËN VODAFONE TEAM NA LUTA PELO PÓDIO

CITROËN VODAFONE TEAM NA LUTA PELO PÓDIO

 

  • Regresso auspicioso do piloto José Pedro Fontes à competição depois de quase 10 meses de paragem
  • Citroën Vodafone Team regressa ao CPR a 27 de 22 a 24 de Março com o Rallye dos Açores

Disputou-se este fim-de-semana, naquela que é considerada a zona catedral dos ralis portugueses, a prova de abertura da temporada do Campeonato de Portugal da especialidade. O Rallye Serras de Fafe, contou com 12 especiais, das quais 10 em terra e duas em asfalto (a dupla passagem pela Super Especiai Fafe Street). Com pouco mais de 120 quilómetros ao cronómetro, a jornada levada a cabo pela Demoporto findou com um resultado positivo para o Citroën Vodafone Team, com a dupla José Pedro Fontes/Paulo Babo a garantir o quarto lugar final, eles que cumpriram parte relevante do rali na luta pelo pódio.

 

Depois de aproximadamente 10 meses de paragem – na sequência do acidente sofrido no Vodafone Rally de Portugal de 2017 – José Pedro Fontes aguardava com natural expectativa este seu regresso, ainda para mais num rali que, apesar de curto, é conhecido pela exigência da suas especiais. A verdade é que o piloto portuense revelou estar em excelente forma física, recuperado fisicamente e com a motivação em alta. Reconhecendo que a concorrência se apresentou muito forte em Fafe, José Pedro Fontes assumiu que “arrancámos para este rali com o algumas cautelas. Correr riscos desnecessários não estava definitivamente nos nossos planos e aquilo que tínhamos em mente, e que cumprimos, foi ir aumentando o ritmo de forma progressiva.”

 

A verdade é que depois do quarto lugar obtido no final do primeiro dia, Fontes estava focado em garantir, pelo menos, a subida ao pódio e foi esse objectivo que lutou no segundo e derradeiro dia de rali. Recuperou algum tempo e entrou para a última especial a escassos 10,1 segundos do terceiro lugar e, apesar de ter sido mais lesto que o rival (Pedro Meireles), a diferença de 1,9 segundos não foi suficiente para garantir a ascensão ao pódio. ”Estamos contentes com o resultado. Senti-me bem, fomos ganhando confiança e acredito que estaremos na luta pelo título. Foi um rali duro, mas não esperávamos outra coisa. Agora temos pela frente o Rally dos Açores e vamos trabalhar no sentido de preparar da melhor forma esta prova.”

 

Para além do envolvimento direto da Citroën e da Vodafone, como patrocinador principal, mantêm-se como parceiros deste projeto de ralis as marcas Milaneza, ExpressGlass, Total e Pirelli.

 

Classificação Final:

1º Ricardo Moura/António Costa (Ford), a 1h26m07,8s

2º Miguel Barbosa/Hugo Magalhães (Skoda), a 1,7ss

3º Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda), a 1m42,4s

4º CITROEN VODAFONE TEAM – José Pedro Fontes/Paulo Babo (Citroën DS3 R5), a 1m50,6s1m05,3s

5º Armindo Araújo/Luís Ramalho (Hyundai), a 2m12,5s


 

 

Scroll To Top