Sábado , Agosto 19 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Cláudio Ornelas e Miguel Castro com prova dificil em Mondim de Basto
Cláudio Ornelas e Miguel Castro com prova dificil em Mondim de Basto

Cláudio Ornelas e Miguel Castro com prova dificil em Mondim de Basto

Mondim de Basto foi o palco para a prova de abertura do Campeonato Regional de Ralis – Norte e Troféu CIN 2017. As belas paisagens do Alvão acolheram a cerca de meia centena de concorrentes inscritos para um rali onde as condições climatéricas foram um importante revés. A dupla vianense Cláudio Ornelas / Miguel Castro fazia neste rali o seu arranque de temporada a bordo do Subaru Impreza recentemente estreado.

Disputado ao longo de quatro classificativas repartidas pela dupla passagem nos troços de Ermelo e Covelo, o Rali de Mondim de Basto realizou-se perante um cenário de chuva constante e sobretudo muito nevoeiro e foi com estas condicionantes que Cláudio Ornelas e Miguel Castro entraram na prova.

A primeira classificativa foi efectuada pela dupla com alguma cautela, sobretudo para evitar as “armadilhas” do piso escorregadio e verificar o estado de funcionamento do carro. No entanto, para a segunda prova especial de classificação, o piso apresentava bastante lama e pedras soltas, o que aliado ao denso nevoeiro retiravam todas as hipóteses de atacar a tabela de tempos. Ainda assim a estratégia mantinha-se e era fundamental evitar erros, mas o azar quis acompanhar a equipa e sensivelmente a meio do troço, uma pedra solta na trajectória levava à quebra de uma jante e consequente perda total de ar numa das rodas.

Cláudio Ornelas ainda concluiu esta classificativa com um ritmo bastante moderado vindo a trocar a roda durante a ligação. Todo este processo desencadeou num atraso que originou uma penalização de 20 segundos.

Após a assistência, para a segunda secção do rali o objectivo mantinha-se em evitar deslizes e concluir o rali. Na pec 3 o ritmo imposto melhorou e a dupla da Encontro Team mostrava-se satisfeita com o desempenho dado o intenso nevoeiro e chuva. Mas uma vez mais este rali estaria destinado ao azar: Cláudio Ornelas conta-nos que “no último troço do rali, sem que nada o pudesse prever, subitamente o carro perdeu força e de imediato deixou um imenso rasto de fumo. Percebemos que o turbo tinha cedido e a partir daquele instante nada mais poderiamos fazer a não ser tentar levar o carro até ao final do rali para amealhar a pontuação possível para os campeonatos.”

A dupla viria a terminar o rali no 18º posto da classificação geral, sendo os décimos entre os concorrentes pontuáveis para o Regional Norte e os 12ºs do Troféu CIN. A estes resultados, Cláudio Ornelas somou ainda a vitória o Grupo X3 (para carros de 4 rodas motrizes) em ambas as competições.

A próxima prova da dupla será agora em Pedras Salgadas, a 30 de Abril, um rali organizado pelo Clube Automóvel daquela localidade e que será pontuável apenas para o Troféu Inter Municípios – CIN.

 

Nuno Dinis

 

 

Scroll To Top