Sábado , Outubro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Competisport no pódio no Vinho do Dão
Competisport no pódio no Vinho do Dão

Competisport no pódio no Vinho do Dão

 

O Campeonato de Ralis FPAK prosseguiu este passado fim de semana em Nelas com o Rally Vinho do Dão a terceira ronda do campeonato.
A prova a cargo do Clube Automóvel do Centro contou com um bom nível organizativo, com especiais interessantes que contudo não foram nada fáceis para as equipas já que a chuva que foi caindo antes e no decorrer da prova deixou os pisos extremamente escorregadios, obrigando os pilotos a trabalhos redobrados.
Para a Competisport as duas duplas presentes na prova conseguiram ultrapassar todas as adversidades do rali e subiram ambas ao pódio final.
Luís Mota e Alexandre Ramos não tiveram um inicio de prova fácil com a dupla a não conseguiu se entender com os pisos escorregadios e a rodar com mais cautelas para não comprometer a sua prova. “Os pisos estavam muito escorregadios mesmo e ao mínimo erro estávamos fora de estrada. Não me entendi com as especiais, os tempos não estavam a surgir e fomos aumentando a diferença para os nossos mais directos adversários.
Na última secção já conseguimos ser muito mais eficazes mas a diferença era grande e não deu para ir mais além. O carro esteve impecável e apesar de o resultado não ser o que esperávamos conseguimos somar pontos para o campeonato o que é também muito importante”, concluiu Luís Mota.
Luís Mota e Alexandre Ramos levaram o Mitsubishi EVO VII ao sexto lugar final da geral.
Fernando Teotónio e Luís Morgadinho não tiveram uma prova fácil. Mas o resultado final foi muito produtivo com a dupla a regressar aos pódios.
A dupla também sentiu dificuldades com as especiais muito escorregadias não escapando a vários sustos mas a contornar sempre da melhor forma as situações e a levar o seu EVO VII ate ao pódio final, garantindo a segunda posição final da geral.
“O Rali não foi de todo fácil. A chuva que foi caindo deixou as especiais muito escorregadias e apanhámos diversos sustos mas felizmente tudo correu bem. Tivemos uma luta interessante pelo segundo lugar com o José Merceano sempre a pressionar, tivemos ainda um ligeiro problema de travões derivado ainda não estar habituado aos mesmos, mas de resto tudo impecável, a nossa equipa fez um excelente trabalho e este segundo lugar foi sem dúvida um resultado muito positivo”, salientou Fernando Teotónio.
A equipa está inscrita e com os seus meios em S. Miguel onde iria estar à partida de mais uma edição do Azores Airlines Rally, mas devido ao falecimento esta segunda feira do membro da equipa Pedro Mota, filho de Luís Mota, as equipas Luís Mota (EVO IX) e José Mendes (EVO VI) não irão alinhar na prova. Neste momento triste para todos, a equipa deixa ainda um pedido de desculpa a todos os amigos e patrocinadores bem como a organização do rali por não estarem presentes.

 

Scroll To Top