Quinta-feira , Novembro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / CRAIG BREEN ASSINA A PERFORMANCE DO FIM DE SEMANA
CRAIG BREEN ASSINA A PERFORMANCE  DO FIM DE SEMANA

CRAIG BREEN ASSINA A PERFORMANCE DO FIM DE SEMANA

Num rali onde o Citroën Total Abu Dhabi WRT não subia ao pódio desde 2014, Craig Breen e Scott Martin entregaram-se de alma e coração e assinaram, com o 2º lugar conquistado, o melhor resultado da sua carreira no WRC. Uma performance que se viu completada pelo 6º lugar da dupla Mads Ostberg/Torstein Eriksen, particularmente meritória, fruto da sua estreia com o Citroën C3 WRC, enquanto Kris Meeke e Paul Nagle atingiram o final com a intenção de fazer muito melhor já no Rali do México.

 

Mesmo tendo apenas três especiais no programa, este último dia de competição do Rali da Suécia não se assemelhou a nenhum passeio pelo parque, traduzindo-se antes numa batalha feita sobre um manto de neve fresca que, entretanto, caira na região.

Craig Breen afirmava, logo desde a manhã, na Assistência, o quanto apreciava a especial de Likenäs, considerando-a como a mais bonita classificativa do rali sueco. O irlandês de 28 anos juntaria o útil ao agradável logo na primeira passagem, ganhando um segundo ao seu rival mais direto, para logo depois, na segunda, reduzir a diferença em mais 3,1 segundos, ficando com uma vantagem de 13,4 segundos à entrada do terceiro e último troço do dia. Abordando os derradeiros 10 km da prova com a segurança de um veterano, Breen terminou o Rali da Suécia no 2º lugar, alcançando o melhor resultado de sua ainda jovem carreira no WRC, sublinhando não só o seu contínuo crescimento, como os progressos alcançados pelo C3 WRC desde a anterior edição desta prova tão atípica.

Foi a segunda vez que Breen subiu a um pódio no Campeonato do Mundo de Ralis, depois do 3º lugar alcançado na Finlândia, em 2016, sendo também o quarto pódio do C3 WRC, e a confirmação do bom início de temporada do Citroën Total Abu Dhabi WRT.

Ansioso por continuar a acumular quilómetros ao volante do C3 WRC, Mads Ostberg não tentou ir mais do que devia para tentar manter a sua 5ª posição face ao ascendente de Lappi, preferindo antes garantir os pontos do 6º lugar para o Citroën Total Abu Dhabi WRT de. O norueguês alcançou um regresso ao grupo dos grandes, desta vez na equipa francesa, que com o seu resultado reforçou o seu 3º lugar provisório no Campeonato do Mundo de Construtores.

Saindo para a estrada esta manhã em Rally 2, após um pequeno erro de pesadas consequências na etapa de ontem, Kris Meeke aproveitou estas última especiais para preparar o futuro, tendo como objetivo regressar às vitórias no México, onde há um ano o britânico alcançou aquela que foi a primeira vitória do C3 WRC.

 

O QUE ELES DISSERAM…

Kris Meeke

“Foi um rali difícil para nós. Dada a desvantagem da nossa ordem de partidas na sexta-feira, foi difícil encontrar a confiança, algo que voltou a acontecer nas especiais de sábado. Mas estava disposto a conquistar o ponto do 10º lugar, quando bati a baixa velocidade numa parede de neve, que provocou a quebra do turbo. Foi um completo azar. Pretendo regressar aos lugares da frente já no México: afinal, dos próximos quatro ralis, já ganhei três e também liderei a Córsega no ano passado.”

Craig Breen

“Estou literalmente nas nuvens! Foi um fim de semana incrível, num rali onde eu sempre me diverti muito, mas devo admitir que estou surpreso por ter conseguido lutar pelas posições da frente ao longo da prova, sem cometer erros. Pensei que estas provas rápidas não me eram favoráveis, o parece não ser mais o caso. De qualquer forma, o meu C3 WRC esteve perfeito neste piso e é uma grande recompensa para a equipa que trabalhou muito para este resultado.”

Mads Ostberg

“Estou muito satisfeito com o meu regresso à equipa. Não esperava ser capaz de lutar por uma boa posição, dados os poucos quilómetros que fiz nos testes. Espero que a equipe esteja feliz com o que conseguimos nesta primeira experiência conjunta. Sei que com mais tempo ao volante poderei ser ainda mais competitivo com o C3 WRC. Assim sendo, quero regressar rapidamente.” 

 

RALI DA SUÉCIA 2018

CLASSIFICAÇÃO FINAL (provisória)

  1. Neuville/Gilsoul (Hyundai i20 WRC) 2h52’13’’1
  2. Breen / Martin (Citroën C3 WRC) + 19’’8
  3. Mikkelsen/Jaeger (Hyundai i20 WRC) + 28’’3
  4. Lappi / Ferm (Toyota Yaris WRC) + 45’’8
  5. Paddon/Marshall (Hyundai i20 WRC) + 54’’4
  6. Ostberg/Eriksen (Citroën C3 WRC) + 1’15’’3
  7. Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) + 2’04’’9
  8. Suninen/Markkula (Ford Fiesta WRC) + 2’52’’2
  9. Tänak/Jarveoja (Toyota Yaris WRC) + 3’44’’4
  10. Ogier/Ingrassia (Ford Fiesta WRC) + 8’45’’4

 

Scroll To Top