Quinta-feira , Setembro 21 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / Crónica de um campeonato que soube a pouco
Crónica de um campeonato que soube a pouco

Crónica de um campeonato que soube a pouco

Com a disputa do Rali de Águeda, chegou ao fim o Campeonato Regional de Ralis do Centro 2016.

A equipa que representa o Stand Nunes composta por Nuno Nunes e por Joaquim Alvarinhas, que utilizaram durante a época um Subaru Impreza WRX e um Ford Fiesta R2, acabou o campeonato no 2º lugar da geral.

A época para esta dupla começou mais tarde, pois não estiveram presentes no Rali Vinho do Dão, a primeira prova do campeonato.

Seguiu-se o Rali de Tábua e a primeira vitória da época. Veio depois a primeira prova de asfalto, o Rali de Vouzela onde a aposta recaiu num carro diferente, de 2 rodas motrizes, com o qual nunca se havia corrido, tendo assim todos os ingredientes necessários para que algo não corresse bem… e não correu. Apesar de nunca ter estado em condições de lutar pela vitória, o resultado poderia ter sido diferente se não tivesse perdido alguns lugares na última classificativa, mercê de um pião com uma ligeira saída de estrada, mas onde houve alguma demora em voltar a colocar o carro na estrada.

A quarta prova do campeonato foi até à Pampilhosa da Serra e mais uma vez, não podia ter corrido pior, pois saldou-se por uma desistência por problemas mecânicos, na altura em que a equipa era líder da prova. Para o final do campeonato restavam apenas duas provas.

A penúltima prova levou os concorrentes até Arganil, e desta vez a equipa não deu qualquer hipótese à concorrência, somando mais uma vitória no campeonato.

A última prova levou a caravana do CRC até Águeda para disputar mais um rali em asfalto. O espírito era só um, ganhar o rali e acabar em grande o campeonato. Se bem se pensou, melhor se executou o saldo final foi de mais uma vitória, a terceira em cinco provas disputadas.

Resta-nos agradecer aos nossos parceiros de negócio, aos amigos que sempre nos acompanharam, pois sem eles tudo teria sido muito mais difícil e à nossa família que, ou nos acompanha quando pode, ou tolera as nossas ausências.

Como parceiros destacamos o grupo Aquinos, uma das maiores empresas da região centro e a maior do concelho de Tábua e que já há alguns anos se juntaram à equipa.

Um agradecimento especial ao nosso preparador a ARC que sempre nos disponibilizou um carro em perfeitas condições que aliás, é uma imagem de marca desta excelente equipa e desta gente de Aguiar da Beira.

Um agradecimento à Auto Marques e em especial ao Tó João que nos dá assistência durante as provas e é sempre um bom companheiro e um bom amigo.

Por fim, um agradecimento muito especial aqueles amigos que nos acompanham em todas as provas sempre bem-dispostos e que nos dão aquela força e ânimo suplementares para que possamos ir ultrapassando toda e qualquer dificuldade. A todos eles o nosso bem-haja.

Como curiosidade, referimos o seguinte: se não fosse a alteração ao regulamento do CRC, efetuada pela FPAK, a 17/11/2016 (tardiamente, na nossa opinião), a escassos 8 dias da realização da última prova, a equipa do Stand Nunes teria sido a campeã regional do centro.

 

Scroll To Top