Segunda-feira , Outubro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Crónica Rafael Cardeira do Rallye Cidade de Guimarães
Crónica Rafael Cardeira do Rallye Cidade de Guimarães

Crónica Rafael Cardeira do Rallye Cidade de Guimarães

DESISTI, MAS SORRI!

Fui obrigado a desistir do Rali Cidade de Guimarães no decorrer da quinta especial com problemas na caixa de velocidades do Citroën DS3. Contudo, logo após a desistência aconteceu algo que me fez acreditar no futuro e gostar, cada vez mais, de ser piloto.

Encostei fora de estrada, numa zona onde se encontravam cerca de uma dezena de espectadores que prontamente me ajudaram a colocar o Citroën numa zona segura. Entre eles, um senhor com o seu filho que, alguns minutos depois deste momento triste para mim, davam a volta ao carro com aquele interesse natural de observar ao pormenor um “carro de corridas”.

Afastado do local, enquanto digeria a mágoa deste abandono prematuro decidi tentar proporcionar um momento único para aquela criança, tal como gostava que fizessem comigo quando era mais novo! Coloquei um sorriso na cara e disse: ” Pode abrir a porta e sentá-lo lá dentro!”. A felicidade do pai e o espanto do filho naquele momento fez-me sentir feliz. Aquele momento foi capaz de transformar um momento menos bom em algo que irá ficar marcado na minha memória.

Gostava de ter ajudado a “meter o bichinho” das corridas naquela criança e espero que este momento sirva para mostrar ao público em geral a forma como se vive a MINHA modalidade que tantas vezes é mal interpretada por alguns mas que é apaixonante para tantos outros!

 

Scroll To Top