Sábado , Novembro 18 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Curva do Hotel Grand Lapa ditou o destino de Francisco Mora
Curva do Hotel Grand Lapa ditou o destino de Francisco Mora

Curva do Hotel Grand Lapa ditou o destino de Francisco Mora

 

Francisco Mora foi vítima de um acidente aparatoso, felizmente sem consequências para o piloto.

Na partida para a primeira corrida, a curva do hotel Mandarim, agora denominado Grand Lapa, ditou o destino de Francisco Mora, que foi vítima de um acidente bastante aparatoso, que felizmente não foi mais do só isso.

O Seat Leon TCR foi empurrado para os rails, numa zona muito rápida, ficou atravessado na pista e foi de seguida abalroado por um adversário que o seguia.

Mora foi evacuado para o hospital, onde se confirmou que nada sofreu. À saída declarou que “não correu bem esta minha partida da primeira corrida e o acidente hipotecou a participação na segunda. Foi mais uma etapa de aprendizagem na minha carreira, que acredito ter sido positiva.”

Este acidente significou o fim de uma jornada em que o piloto nortenho esteve sempre bem e conseguiu evoluir bastante. O Circuito da Guia, um dos mais difíceis do mundo, marcou a estreia de Mora em circuitos citadinos e apesar de não ter conseguido evoluir ainda mais, promete voltar.

“Agora é tempo de regressar a casa e pensar em 2016, não sem antes agradecer aqueles que me acompanharam nesta época desportiva, ao Aidan Wright, á Sports and You, à Veloso Motorsport, à Target Competition, à SEAT Sport e a todos os seus elementos, sem nunca me esquecer dos meus patrocinadores, fundamentais em todos estes eventos.” Referiu Francisco Mora.

 

Scroll To Top