Domingo , Outubro 21 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / DEPOIS DE DOIS ÊXITOS CONSECUTIVOS    ARC SPORT EM BUSCA DO PÓDIO EM MORTÁGUA
DEPOIS DE DOIS ÊXITOS CONSECUTIVOS      ARC SPORT EM BUSCA DO PÓDIO EM MORTÁGUA

DEPOIS DE DOIS ÊXITOS CONSECUTIVOS    ARC SPORT EM BUSCA DO PÓDIO EM MORTÁGUA

 

 

Depois de duas vitórias consecutivas no Campeonato de Portugal de Ralis 2018, e de um pódio completo para o CPR no Azores Airlines Rallye, a ARC Sport volta a abraçar novas responsabilidades no Rali de Mortágua, contando com quatro equipas na 3ª prova do calendário.

 

 

Joaquim Alves estreia Skoda Fabia R5 e António Costa como navegador

 

Depois de já se ter habituado à condução do Ford Fiesta R5 com que efetuou diversas provas pontuáveis para o CPR, Joaquim Alves faz uma aposta pontual para o Rali de Mortágua, na procura de uma experiência nova que se possa mostrar mais competitiva. O Skoda Fabia R5 com que Ricardo Moura triunfou nos Açores, vai estar na mão do piloto de Cesar, que se irá apoiar igualmente nos conhecimentos de António Costa, o habitual navegador de Ricardo Moura. Uma aposta que não deixa de ser interessante.

 

Para já é só para o Rali de Mortágua. Tanto o Fiesta como o Skoda são dois excelentes carros, embora nos testes que fiz, tenha achado o Skoda um pouco melhor, e com uma adaptação mais fácil. A edição deste ano é realizada em sentido contrário a 2016, o último ano em que participei, mas é um rali sempre rápido e espetacular. Espero ir adaptando a minha condução ao Skoda ao longo da prova, na tentativa de encontrar a tão necessária consistência e, espero, a sempre necessária pontinha de sorte”, gracejou Joaquim Alves.

 

 

 

Ricardo Teodósio está com os olhos postos no pódio

 

 

Ricardo Teodósio e José Teixeira assumem lutar sempre por um lugar no pódio em qualquer prova pontuável para o Campeonato de Portugal de Ralis. Depois de um fabuloso 3º lugar alcançado nos Açores, a dupla algarvia sente-se com a dinâmica necessária para alcançar um bom resultado em Mortágua.

 

 

 

 

 

Já estive em Mortágua quando a prova era disputada em asfalto. Este novo figurino com pisos de terra é uma estreia, mas estamos bastante confiantes. Fizemos mais afinações no carro e experiências com vários set-up diferentes, tendo chegado a um consenso que nos deixa muito confiantes com o Skoda. Queremos subir ao pódio, cumprindo a promessa de tentar lutar sempre por uma dessas posições, em todas as provas em que participamos”, disse Ricardo Teodósio.

 

 

Pedro Almeida quer estar sempre a progredir

 

Pedro Almeida é um jovem piloto que tem mostrado uma capacidade de evolução muito positiva. Em ano de estreia no CPR, o piloto de Famalicão conta desde os Açores com um muito competitivo Ford Fiesta R5, o carro com que Ricardo Moura venceu o Rali Serras de Fafe. A adaptação ao novo carro é prioridade para a dupla Pedro Almeida e Nuno Almeida.

 

Este é o meu ano de estreia, por isso é tudo novo. Vou continuar a trabalhar com afinco para que de rali para rali, possa evidenciar mais potencialidades e adquirir conhecimentos que possam ser mais-valia no desenrolar de cada prova e, permitir lutar por lugares cimeiros. Temos ainda muito que explorar do R5, e para isso temos que o conhecer melhor. A margem de progressão ainda é muito grande. Espero corresponder com resultados e uma boa prestação”, afirmou, convicto, Pedro Almeida.

 

 

Miguel Correia numa evolução muito positiva

 

Este ano a ARC Sport conta com o contributo de pilotos bastante jovens, que com o apoio da equipa de Aguiar da Beira, pretendem evoluir no Campeonato de Portugal de Ralis. Miguel Correia é um deles, contando com o contributo do seu navegador Pedro Alves e do Renault Clio R3, para atingir a experiência desejada.

 

Queremos conhecer o rali e ainda melhor o carro, por isso os testes e reconhecimentos que fizemos, são determinantes. Depois da desistência nos Açores, fiquei ainda com mais vontade, e por isso queremos tentar terminar o Rali de Mortágua, uma prova muito rápida, e que poderá ter alguma lama. Vamos ver como corre, para tentar estar ao nível dos melhores na nossa classe”, disse, otimista, Miguel Correia.

 

 

 

 

 

 

 

ARC Sport vai a Mortágua com elevados níveis de confiança

 

A equipa de Aguiar da Beira começou o ano com excelentes resultados. Depois de duas vitórias consecutivas para o CPR em Fafe e nos Açores, onde alcançou a totalidade do pódio, a 3ª prova do calendário nacional vai ser encarada com o habitual grau de profissionalismo.

 

Estamos muito confiantes nos pilotos que vamos ter em Mortágua. Enquanto o Joaquim Alves vai fazer uma adaptação ao Skoda Fabia R5, o Ricardo Teodósio já conta com as afinações desejadas e aposta nos lugares da frente, como é seu timbre. Estamos igualmente confiantes em relação aos nossos dois jovens pilotos. Tanto o Pedro Almeida como o Miguel Correia, são fantásticas promessas para o futuro dos ralis. Em relação à nossa equipa, sabemos que vai responder ao desejo de todos, com o habitual empenho e profissionalismo”, afirmou Augusto Ramiro.

 

O Rali de Mortágua vai estar na estrada na próxima sexta-feira, com duas especiais citadinas, em Águeda e Mortágua, com o sábado a ficar reservado para mais 7 especiais de classificação, bastante competitivas e seletivas.

 

 

 

 

 

Scroll To Top