Terça-feira , Novembro 20 2018
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Diogo Ventura Do céu ao inferno em Castelo Branco
Diogo Ventura Do céu ao inferno em Castelo Branco

Diogo Ventura Do céu ao inferno em Castelo Branco

Uma semana depois de Santiago de Compostela Diogo Ventura esteve em Castelo Branco para enfrentar a terceira prova do campeonato do mundo 2018. Organizada pela Escuderia Castelo Branco pelo segundo ano consecutivo a ronda lusa do campeonato maior da especialidade voltou a acolher voz de unanimidade em relação à excelência da sua organização e tal como em 2017 também Diogo Ventura voltou a mostrar toda a sua rapidez, em especial no primeiro dia foi no seguinte foi forçado a abandonar lesionado

“O primeiro dia foi muito bom pois andei sempre entre os dez primeiros da geral e a lutar pelo 11º lugar da geral até bem perto do final, batalha que perdi quando deixei ‘calar’ o motor da minha moto na derradeira passagem pela Extreme, o que me fez também descer ao sétimo posto na classe.” comentou o piloto do Góis Moto Clube.

O derradeiro dia seria no entanto totalmente oposto e quando estava novamente a discutir o ‘top-ten’ na geral o piloto da Alves Bandeira foi forçado a abandonar no decorrer da segunda volta após um toque com a perna no chão ter ‘despertado’ uma antiga lesão num joelho.

“Foi pena. Estava novamente muito bem e a sentir-me bastante confortável, mas fui forçado a abandonar. Tinha que o fazer pois tenho corrida do nacional dentro de quinze dias e quero tentar estar na minha melhor forma.”

A próxima prova de Diogo Ventura será o Enduro de Águeda, válido para o campeonato nacional da especialidade.

 

Scroll To Top