Domingo , Junho 24 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Dois Alpine A460 à conquista do Campeonato do Mundo FIA WEC
Dois Alpine A460 à conquista do Campeonato do Mundo FIA WEC

Dois Alpine A460 à conquista do Campeonato do Mundo FIA WEC

 

 

  • A Alpine revela os seus dois protótipos Alpine A460 que irão disputar, esta época, o Campeonato FIA WEC.
  • As equipas nº35 com Panciatici / Cheng / Tung e nº 36 Lapierre / Menezes / Richelmi visam a vitória na categoria LMP2.
  • A partir de amanhã, a equipa Signatech-Alpine inicia dois dias de ensaios no Circuito de Paul Ricard

 

Mesmo num circuito, a montanha nunca está longe para a Alpine. Foi com o maciço de Sainte-Baume como cenário de fundo que a equipa Signatech-Alpine revelou os seus dois Alpine A460, no circuito de Paul Ricard.

 

O nome deste novo protótipo foi escolhido para fazer referência à linhagem iniciada nos anos 70, com o A440, ao mesmo tempo que evoca os 60 anos de criação da Alpine, celebrados o ano passado. Este novo protótipo é facilmente reconhecível pelo seu habitáculo fechado, que permite melhorar, simultaneamente, a segurança do piloto e a eficácia aerodinâmica. Para a Alpine, o retorno a uma carroçaria totalmente fechada é uma estreia, depois do A220 de 1969.

 

O Alpine A460 tem o mesmo motor V8 de 4.5l que equipava o A450b. Este motor, de mais de 550 cv, da Aliança Renault-Nissan, está associado a uma caixa de velocidade sequencial de 6 relações.

 

Apresentado ao lado dos protótipos Alpine Vision e Alpine Célebration, o Alpine 460 tem a emblemática decoração azul e laranja, assumida desde o regresso da Alpine à competição, em 2013. No entanto, as duas viaturas serão diferenciadas pelas bandeiras, francesa para o nº 36 e chinesa para o nº 35.

 

Inscrito pela Baxi DC Racing Alpine, o Alpine n°35 é confiado ao piloto Francês Nelson Panciatici – piloto da equipa desde 2013 – e aos pilotos Chineses avid Cheng e Ho-Pin Tung. Criada por Jackie Chan e David Cheng, a DC Racing obteve vários títulos nas Asian Le Mans Series, antes de avançar para o FIA WEC com a Signatech-Alpine, que assegura a parte técnica, desportiva e logística.

 

Depois de dois títulos no ELMS (2013-2014) e um pódio na categoria LMP2 nas 24 Horas de le Mans, em 2014, o Alpine n°36 é confiado a um novo trio de pilotos. O Francês Nicolas Lapierre, vencedor da edição 2015 das 24 Horas de Le Mans, na categoria LMP2, junta-se à equipa que inclui também o Americano Gustavo Menezes e o Monegasco Stéphane Richelmi.

 

Quer os pilotos, quer os automóveis, serão tratados em perfeita igualdade. E que ganhe o melhor Alpine!

 

Ao criar duas equipas de ponta, a Signatech-Alpine reafirma as suas ambições na sua segunda temporada completa no FIA WEC. Com uma vitória nas 6 Horas de Xangai em 2015 e o 4º lugar da classificação geral no mesmo ano, a equipa dispõe, para esta época, de dois automóveis capazes de obter a vitória em qualquer prova.

 

A partir de amanhã, a equipa Signatech-Alpine, bem como todos os concorrentes do FIA WEC, regressam à pista para os primeiros dois dias de testes oficiais. A nova temporada terá início a meio de Abril, com as 6 Horas de Silverstone.

 

Bernard Ollivier, Director-Geral Adjunto da Alpine : «Depois de dois títulos de Campeã Europeia em 2013 e 2014 e de uma primeira época onde a equipa pôde demonstrar o seu potencial e o seu profissionalismo a nível mundial, a Signatech-Alpine tem agora novas ambições. Em 2016, a equipa participará no FIA WEC com dois novos protótipos A460 – um dos quais em associação com a Chinesa DC Racing – e dois conjuntos de pilotos de excelente nível. A equipa Signatech-Alpine irá, sem dúvida, gerar novas emoções em todos os fãs da Alpine em todo o mundo. »

 

Philippe Sinault, Team Principal da Signatech-Alpine : « A cada nova época, o envolvimento da Alpine na Resistência Endurance aumenta as ambições. O ano passado, na primeira temporada no FIA WEC, registámos uma vitória na 6 Horas de Xangai. Este ano queremos mais! O ano de 2016 terá imensas novidades ao nível dos pilotos, dos automóveis e mesmo da organização da equipa. O acordo com a DC Racing, que nos permite inscrever um segundo automóvel, oferece-nos inegáveis vantagens e oportunidades no plano estratégico. É nossa a responsabilidade de explorar todo este potencial, para dar à Alpine mais sucessos! »

 

 

 

Scroll To Top