Quinta-feira , Junho 22 2017
ÚLTIMAS
Home / RALI / E o vencedor é…Pedro Meireles
E o vencedor é…Pedro Meireles

E o vencedor é…Pedro Meireles

Desportivamente a edição 2014 do Rali Serras de Fafe correspondeu à expetativa gerada inicialmente, com incerteza quanto ao vencedor e um “outsider” a valorizar muito a vitória de Pedro Meireles.

Poucos apostavam em Pedro Meireles, mas o que é certo é que o piloto de Guimarães mostrou-se muito competitivo e concentrado, e mesmo antes de ficar na liderança por desistência de Moura, esteve sempre muito próximo do primeiro lugar. Na sua segunda vitória no CNR, Meireles mudou de estratégia assim que viu no 6º troço do rali Ricardo Moura parado, passando a gerir a sua vantagem, mas por pouco não foi surpreendido.

O momento do rali terá sido a desistência de Ricardo Moura, que liderou o rali até um pedra ter partido o carter do motor do Skoda, deixando o campeão nacional fora de prova, depois de dominar os primeiros cinco troços.

Martin Kangur fez uma prova notável, principalmente na parte da tarde onde venceu os derradeiros quatro troços, depois de acertar a suspensão do Fiesta S2000, pressionando muito Pedro Meireles ficando a escassos 1,3 segundos da vitória.

Rui Madeira regressou aos ralis com um pódio. Para um piloto com muita experiência mas que esteve parado muito tempo não deixa de ser notável a sua prestação, tendo ainda vencido um troço e somada os pontos do segundo lugar no Nacional de Ralis. O acerto do Fiesta R5 para a parte da tarde, onde melhorou muito o comportamento do carro, permitiu a madeira um regresso em grande.

Adruzilo Lopes foi o melhor dos Grupo N. Sem o problema com o acelerador na parte da manhã também não lhe teria sido possível obter um melhor resultado, mas também a sua prestação foi muito boa.

Pode-se considerar bem positiva a estreia de Diogo Salvi com o Fiesta R5. O piloto lisboeta tem muito para evoluir, mas conseguiu mesmo assim não ser surpreendido por alguns dos Mitsubishi, ficando num excelente quinto lugar nesta estreia no Nacional de Ralis.

Ricardo Teodósio não teve sorte neste rali. Partiu um braço da suspensão e furou, tendo penalizado à saída do parque de assistência, tendo mesmo assim dado algum espetáculo e ficado no 6º lugar, segundo melhor no Gr.N.
Bastante comedido, João Correia fez uma estreia no Nacional muito interessante, obtendo já um excelente resultado e demonstrando que pode evoluir bastante para as próximas provas.

Também na sua estreia no CNR, Gil Antunes não poderia esperar melhor resultado. Venceu entre as duas rodas motrizes ao volante do Peugeot 208 R2, culminando da melhor forma dois meses de excelente preparação desta estreia.
Também com um bom resultado terminou Paulo Neto. Ficou no segundo lugar entre os concorrentes das duas rodas motrizes, ficando à frente Ricardo Marques que descobriu nesta prova o 208 R2.

Destaque para as desistências de José pedro Fontes com problemas de motor no Subaru, Carlos Martins que partiu a suspensão do Mitsubishi depois de um toque numa pedra e de Josão Barros que partiu a transmissão dianteira do Fiesta R5 no arranque do… 1º troço!!!

Nas contas do Campeonato Norte de Ralis, Fernando Peres fez valer a sua experiência, obtendo a vitória na frente de Vitor Pascoal, que ficou a 27,8s. Nuno Cardoso foi o terceiro classificado, também num Evo, na frente de Luís Mota. Daniel Nunes venceu nas duas rodas motrizes e foi sexto da geral.

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

 

 

PAULO HOMEM

www.ralisonline.net

 

Scroll To Top