Domingo , Abril 22 2018
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / EM DIA DE MUITA VELOCIDADE NO MUNDIAL, EQUIPE MITSUBISHI PETROBRAS TEM 3 CARROS ENTRE OS 6 PRIMEIROS
EM DIA DE MUITA VELOCIDADE NO MUNDIAL, EQUIPE MITSUBISHI PETROBRAS TEM 3 CARROS ENTRE OS 6 PRIMEIROS

EM DIA DE MUITA VELOCIDADE NO MUNDIAL, EQUIPE MITSUBISHI PETROBRAS TEM 3 CARROS ENTRE OS 6 PRIMEIROS

Baja Portalegre, em Portugal, começou hoje e Carlos Sousa / Paulo Fiuza colocaram o ASX Racing na quarta posição, seguidos por João Franciosi / Gustavo Gugelmin e Guiga Spinelli / Youssef Haddad; prova segue neste sábado com mais 350 quilômetros

A Equipe Mitsubishi Petrobras completa o primeiro dia do rali Baja Portalegre 500 e ocupa a 4ª, 5ª e 6ª colocações.

Voltando a disputar a prova após cinco anos, o português Carlos Sousa marcou o quarto tempo, 2min24 atrás do líder. “Foi uma especial muito rápida. Começamos e, quando percebemos, já estava terminando. Com isso, perdemos tempo e não conseguimos reagir. Tinha trechos muito técnicos e estradões. O ASX Racing está impecável e amanhã queremos atacar mais. O ritmo dos cinco primeiros está muito forte”, destaca o piloto, que corre com o navegador Paulo Fiuza.

O primeiro dia teve duas provas. Logo pela manhã, o prólogo com cinco quilômetros definiu a ordem de largada. Na parte da tarde, a primeira especial teve 85 quilômetros.

“Essa primeira especial foi difícil, variada e bem fácil de cometer erros, com muitas árvores e pedras no escape. Viemos em um ritmo bom, mas ainda sem usar todo o potencial do ASX Racing. O carro está excelente e essa nova configuração ficou muito boa. Agora precisamos nos acostumar a usar tudo isso”, explica Guiga Spinelli, piloto da Equipe Mitsubishi Petrobras, que terminou o dia na 6ª posição, com 3min35 de diferença para o líder. “Completamos a prova em uma boa posição e foi um excelente resultado para a Equipe. Vamos continuar a imprimir um ritmo o mais forte possível”, completa o piloto.

João Franciosi, que fez sua estreia a bordo do ASX Racing, aprovou sua performance. “Vim tentando me acostumar com o carro. No prólogo andei mais conversador e fui pegando o ritmo e a confiança para acelerar mais. O final da especial foi muito prazerosa, nunca tinha feito uma especial assim”, destaca o piloto da Equipe Ralliart Brasil. “Para mim foi um ótimo resultado. Amanhã é outro dia, vamos rever algumas coisas e tentar sempre melhorar e se adaptar cada vez mais ao carro para andar rápido”, afirma.

Segundo dia
No segundo, e último dia do Baja Portalegre, os competidores terão pela frente mais duas especiais, com 150 km e 200 km. Além de Portalegre, as cidades de Crato e Ponte de Sor recebem a competição.

A Equipe Mitsubishi Petrobras tem o patrocínio de Mitsubishi Motors, Petrobras, FMC, Axalta, Protune e Projeto Sign.

 

Scroll To Top