Quinta-feira , Novembro 15 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Embraiagem condiciona Joaquim Teixeira na Covilhã
Embraiagem condiciona Joaquim Teixeira na Covilhã

Embraiagem condiciona Joaquim Teixeira na Covilhã

 

 

O Campeonato Nacional de Montanha / Valvoline prosseguiu na Serra da Estrela, palco de uma das provas mais exigentes da temporada e onde Joaquim Teixeira levou o Renault Megane Trophy a novo pódio na Categoria 4. Ainda assim, a embraiagem do carro francês voltou a prejudicar o piloto da Bompiso.

Depois da chuva ter marcado as rampas da Penha e da Falperra, Joaquim Teixeira contava com a melhoria das condições atmosféricas para disputar a Rampa da Covilhã. Contudo, o dia de sábado voltou a ter piso molhado e nessas condições o Megane Trophy torna-se extremamente complicado de guiar.

No domingo, já com piso seco, Joaquim Teixeira pôde rodar mais próximo dos limites do carro mas a embraiagem voltou a causar problemas e o piloto de Murça não pode lutar abertamente pela vitória na categoria, terminando no 2º lugar e no top 10 da geral.

“De facto, continua a saga do mau tempo. Já começa ser desesperante para os pilotos, organizações e público”, referiu Joaquim Teixeira. “Durante o sábado o tempo esteve sempre muito instável, o que nos dificultou a escolha de pneus. Além da minha pouca habituação ao Megane, o carro não é nada fácil em pista totalmente molhada como foi o caso das subidas do primeiro dia. No domingo as duas subidas de prova já se realizaram com piso seco e aí sim podia tirar mais rendimento e melhorar o meu tempo. Mas na segunda subida de prova ainda estava com o “chip” da anterior, à chuva, e a confiança não era muita. Na terceira e última comecei muito bem, tentando tirar o máximo rendimento do carro, e penso que poderia baixar o meu tempo em 4 ou 5 segundos, mas no último terço da prova voltei a ter os problemas de embraiagem que não me têm largado. Ainda só conseguir fazer uma subida e meia em seco mas penso que nesse pouco fiquei com a sensação que posso fazer muito mais e melhor. Até nos dois treinos que tentei fazer na pista de Braga nunca consegui rodar com o carro porque o problema da embraiagem nos tem perseguido e ainda não conseguimos detetar a origem para resolvê-lo definitivamente”, revelou o piloto da Bompiso.

 

A quarta prova do Campeonato Nacional de Montanha / Valvoline será a Rampa de Santa Marta, marcada para os dias 11 e 12 de Junho.

 

Scroll To Top