Sexta-feira , Setembro 22 2017
ÚLTIMAS
Home / BLOG / Encontro Ibérico de Automóveis Clássicos foi enorme sucesso
Encontro Ibérico de Automóveis Clássicos foi enorme sucesso

Encontro Ibérico de Automóveis Clássicos foi enorme sucesso

Entre o passado e o presente, sucesso ibérico

Companheirismo, boa disposição e lotação mais do que esgotada, com a presença de 18 marcas de automóveis, algumas delas já extintas, fizeram do primeiro Encontro Ibérico de Automóveis Clássicos um evento verdadeiramente extraordinário. Na edição de estreia que decorreu neste fim-de-semana, a organização viu-se forçada a abrir mais cinco inscrições, contando a caravana com uma miscelânea de 30 viaturas clássicas e 70 participantes, dos quais 20 provenientes da vizinha Espanha.

Entre as viaturas que mereceram referência neste encontro estão um Peugeot 202B de 1939 (o mais antigo), mas também o Alpine Renault A 110 de 1973, o Citroën SM de 1970 e o Maserati Vignale de 1959. O balanço não poderia ser mais positivo, com os participantes a felicitar a organização pelos locais de visita selecionados e pelo programa que contemplou cerca de 250 quilómetros de paisagens, visitas com destaque para o mundo automóvel e para os centros históricos, gastronomia, vinhos da região e muitos momentos de conversa sobre a paixão automóvel.

Admirar os clássicos dos participantes e sonhar com dezenas de outros modelos de todas as épocas e estilos foi o estado de espírito logo na receção do evento, no Museo de Historia de la Automoción de Salamanca, visitado por todos e que conta atualmente também com uma exposição temporária dedicada à maquinaria agrícola. A receção no Ayuntamiento de Salamanca na Plaza Mayor e a visita guiada ao Centro Histórico de Salamanca somaram conhecimento e deslumbramento ainda no primeiro dia.

Partir para o asfalto no sábado de manhã, seria sinónimo de aventura, rumo à arquitetura histórica de Ciudad Rodrigo e às milenares gravuras rupestres de Siega Verde, um contacto inédito para muitos. O acolhimento para almoço na recente unidade do Fuerte de la Concepcion, mesmo junto à fronteira, brindou os participantes com a melhor gastronomia antes de passar a terras lusitanas, rumo a Gouveia, para conhecer os vinhos referenciados da Casa da Passarella e as histórias do Museu da Miniatura Automóvel de Gouveia, onde Fernando Taborda foi cicerone de exceção. O passeio contou também com a colaboração de S. Pedro, já que permitiu um passeio com sol e temperaturas amenas e apenas no percurso até Gouveia obrigou a mais cautelas na condução, devido à chuva de uma trovoada passageira.

O programa de Domingo conduziu a alguns dos prazeres da região do Dão e de Nelas, nomeadamente à Vila Termal das Caldas da Felgueira e seu balneário termal, e às Fidalgas de Santar, um espaço de referência nos vinhos e em produtos gourmet, apreciado por todos. A chegada à Guarda acabou por rematar o passeio com uma visita ao centro histórico, seguido do almoço no Hotel Vanguarda, com entrega de prémios aos participantes. Sem quaisquer acidentes ou avarias a registar, salientar que a organização se fez acompanhar de dois excelentes mecânicos. A dupla ibérica Álvaro Ramos e Manoel Dominguez de Arriba pode também apreciar o passeio sem grandes transtornos.

Para Luís Celínio do Clube Escape Livre, “esta primeira edição mostra o quão importante continua a ser o convívio entre os amantes dos automóveis clássicos. Creio que conseguimos adicionar a estes elementos um programa rico e interessante e, graças a todos os parceiros desta organização, realizámos um passeio extraordinário que, quem sabe, poderá ter edições futuras.”

 

Scroll To Top