Segunda-feira , Dezembro 11 2017
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Fábio Mota termina temporada com duas boas recuperações
Fábio Mota termina temporada com duas boas recuperações

Fábio Mota termina temporada com duas boas recuperações

 

Fábio Mota terminou hoje em Barcelona a temporada de 2015 da Clio Cup España, culminando o fim-de-semana com duas boas recuperações que demonstraram que estava entre os mais rápidos do pelotão.

O português mostrou ao longo de todo o fim-de-semana um ritmo muito competitivo num evento que se evidenciou como o mais selectivo do ano, com a comparência no Circuit de Barcelona-Catalunya de concorrentes da Clio Cup France, promovendo quase uma pequena Taça Europeia da categoria.

Fábio Mota tinha fundadas esperanças em garantir um lugar entre os cinco primeiros da grelha de partida, no entanto, um erro na qualificação acabou por o obrigar a recorrer à ajuda de um carro de apoio, o que significou ficar sem as suas duas melhores voltas da sessão.

O jovem luso arrancava assim para a primeira corrida do décimo sexto lugar da grelha de partida, mas nem por isso baixou os braços e numa postura de grande tenacidade, lançou-se numa recuperação notável que o levou até ao sexto posto final e afirmando-se como um dos grandes animadores da prova.

A segunda corrida revelava-se um desafio ainda maior, ao alinhar na vigésima posição da grelha de partida, mas uma vez mais Fábio Mota não atemorizou e, logo na primeira volta, ganhou inúmeros lugares, entrando no top-10.

O piloto apoiado pela Würth, Sika, Projectiva, Serafim Marques, Turas, Wetor e Glassdrive, não se deu por satisfeito, continuando a lutar. Porém, quando se aprestava para ascender ao oitavo lugar, uma travagem discutida até ao limite, ou para lá dele, acabou por o obrigar passar pela escapatória da Curva 1, caindo para o décimo posto final.

Após as corridas de hoje, Fábio Mota mostrava-se satisfeito com a evolução que protagonizou ao longo das duas provas, muito embora admita a falha matinal. “Estivemos sempre muito rápidos, mas cometi um pequeno erro na qualificação e isso condicionou toda a jornada. As corridas foram muito engraçadas, realizei duas boas recuperações com muitas ultrapassagens e um ritmo muito forte. Na primeira consegui ascender ao sexto lugar final e na, segunda, na qual tive um andamento ainda mais consistente, estive muito perto de subir ao oitavo posto. No entanto, na aproximação para a primeira curva da última volta, eu e o meu adversário deixámos a travagem para muito tarde, ambos passámos pela escapatória, e acabei por ver a bandeirada de xadrez no décimo lugar. Julgo que são dois excelentes resultados, atendendo às circunstâncias e ao fortíssimo pelotão que, com os franceses, viu o seu nível competitivo elevar-se ainda mais”, afirmou o piloto português.

Fábio Mota acaba por realizar um balanço positivo para a ronda de Barcelona, o que se coaduna com uma temporada em que mostrou ser um dos protagonistas da disputada competição espanhola. “Penso que os resultados deste fim-de-semana são muito positivos, uma vez que o pelotão estava mais forte do que nunca, com pilotos franceses extremamente competitivos. Eu e a Lema Racing mostrámos um andamento rápido e consistente que nos colocava solidamente entre os cinco primeiros e isso deixa-nos muito satisfeitos. Foi um final positivo de uma temporada em que vencemos, fizemos pole-positions e alcançámos pódios, o que nos permitiu terminar no quinto lugar da Clio Cup España 2015, uma evolução relativamente a 2014. Agora, é preciso pensar em 2016, que será o meu foco primário”, concluiu o português.

 

Scroll To Top