Quinta-feira , Novembro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / FIA estuda dispositivo que visa evitar penetração de Rails no interior do habitáculo (por Carlos da Silva)
FIA estuda dispositivo que visa evitar penetração de Rails no interior do habitáculo (por Carlos da Silva)

FIA estuda dispositivo que visa evitar penetração de Rails no interior do habitáculo (por Carlos da Silva)

 

Juntamente com a multinacional alemã DEKRA (Deutscher Kraftfahrzeug-Überwachungs-Verein) considerada a maior organização de peritos independentes do sector automóvel na Europa (simulação de acidentes, incluído), a FIA está neste momento a estudar a possibilidade de introduzir a breve prazo, um dispositivo que visa diminuir drasticamente a possibilidade de penetração de um Rail no interior de um veículo de competição. Com um formato tipo bidon concebido em aço comercial, com um diâmetro de 70 centímetros e com uma altura aproximada de um metro – sendo depois preenchido com areia (totalizando um peso aproximado de 550 kg), os objectivos pretendidos foram largamente suplantados nuns “crash tests” efectuados por aquela empresa germânica, que reduziu substancialmente a energia cinética produzida no embamte em mais que 50%. O barril – que funcionou com uma espécie de barreira, não permitiu que um rail perfura-se o veículo testado, tendo ambos se dobrado com o impacto, e com os sensores dos “crash test dummies” (bonecos usados nos testes de colisão) revelado que ambos os ocupantes, não tinham sido gravemente feridos. A FIA ainda pretende optimizar o seu design e o seu custo a um preço que não ultrapasse os 100 €/unidade.
O mortal acidente que tirou a vida a Gareth Roberts no Rally Targa Florio de 2012 e que quase custou a vida a Robert Kubica no Ronde di Andora 2011 em Itália, são dois bons exemplos deste tipo de acidentes, que numa primeira fase pretende introduzir nos Campeonatos sobre a sua égide e posteriormente nas provas Nacionais e regionais.

 

Scroll To Top