Segunda-feira , Outubro 22 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Filipe Madureira e Luís Ramalho ficam na frente de Cristina Silva e Isabel Ramalho em Santo Tirso
Filipe Madureira e Luís Ramalho ficam na frente de Cristina Silva e Isabel Ramalho em Santo Tirso

Filipe Madureira e Luís Ramalho ficam na frente de Cristina Silva e Isabel Ramalho em Santo Tirso

 “Elas disseram que só ganhámos na secretaria”

O Rali de Santo Tirso marcou o regresso de Filipe Madureira à competição e, sobretudo, foi o palco de um curioso duelo familiar. O piloto de Gondomar fez dupla com o consagrado Luís Ramalho e conseguiu terminar na frente da esposa, Cristina Silva.

 

Foi a primeira vez que o antigo Campeão Nacional de Promoção fez dupla num rali oficial com o antigo Campeão Nacional de Ralis e TT. Filipe Madureira e Luís Ramalho disputaram o Rali de Santo Tirso com um pequeno Fiat Uno ex-troféu mas o grande objetivo era mesmo ficarem à frente da dupla Cristina Silva / Isabel Ramalho, respetivamente a esposa de Filipe Madureira e a irmã de Luís Ramalho. No final, apenas 9.3s separavam as duas equipas mas a dupla feminina queixou-se que, se não fosse a neutralização da segunda classificativa, teriam ganho o duelo particular.

 

“Estava muita coisa em jogo pois quem perdesse fazia o jantar nesse dia”, brincou Filipe Madureira.“Elas disseram que nós só conseguimos ganhar na secretaria, por causa do troço que foi neutralizado e onde nos deram o tempo da segunda passagem. A Cristina e a Isabel andaram bem mas nós fizemos a diferença nas zonas a descer! A subir com o Uno era mais complicado e havia partes em que fazíamos para aí 2 quilómetros… em segunda. Mas foi divertido chegar ao final de um troço e ver que tínhamos feito exatamente o mesmo tempo – ao décimo – da passagem anterior”.

 

Filipe Madureira destacou “sobretudo o profissionalismo do Luís, que é realmente um navegador de topo em Portugal. Já nos conhecíamos há muitos anos mas agora consigo perceber porque é que ele é campeão nos ralis e no TT. Também foi um rali muito gratificante porque tive o apoio de muitos amigos, pessoas que foram importantes na minha vida e na minha carreira. O meu obrigado a todos eles”, referiu o piloto gondomarense, que levou o Uno ao 13º lugar do grupo X1.

 

Cristina Silva e Isabel Ramalho ficaram logo a seguir com o Nissan Micra e o resultado no asfalto de Santo Tirso permite-lhes continuar a lutar pelo título do grupo X1 do Campeonato Regional – Norte, depois de terem ganho o grupo no Rali de Baião – Amarante e de terem subido ao pódio no inaugural Rali de Mondim de Basto.

A próxima prova do Campeonato Regional – Norte será o Rali de Montelongo, agendado para 18 de junho.

 

Scroll To Top